A IMPORTÂNCIA DA VARIEDADE DE LEITURAS.

Para cristãos o hábito da leitura é algo comum. A reforma protestante surge como uma reação ao abuso da religião romana e valoriza a educação e a leitura para minorar a ignorância religiosa e intelectual do povo europeu e nos demais países alcançados.

O protestante é incentivado desde que é membro da igreja a ler a Escritura. Uma leitura diária e sistemática. Isso diz muito para o que quero dizer nesse texto. Meu objetivo não é tratar da espiritualidade aqui, mas, como é importante a variedade de leituras em seus gêneros.

Na Bíblia temos vários gêneros literários. Poesia, história, profecia, evangelho, epistola…

A riqueza literária da Bíblia é inquestionável. Um livro rico em ensinamentos espirituais, políticos, artísticos, éticos, sociais, familiares, civis, etc.

Isso também nos ensina algo importante sobre a leitura. Variedade. Ser eclético quanto aos gêneros é algo benéfico ao leitor. Costumo alternar minhas leituras entre: teologia, filosofia, poesia, política, ficção, critica literária e outros estilos e gêneros.

Isso me proporciona uma percepção mais arejada de varias visões de mundo. De fato é riquíssimo lermos outras coisas e não apenas um estilo. Vivemos em uma era de especializações e que você é especialista da quinquagésima pata da centopeia. Isso tem de certa forma aumentado o desinteresse pelo conhecimento e contribuição para uma alta cultura que seja benéfica.

A leitura de grandes autores como por exemplo C.S. Lewis em suas obras de ficção, Tolkien, Dostoiévski e tantos outros nos enriquecem e nos levam a vôos mais altos. Ler os antigos clássicos não é apenas uma atitude conservadora, mas, uma necessidade intelectual, social, psicológica para formação da nossa intelectualidade e como ela versará com seu tempo, através do seu passado conhecido nas leituras clássicas.

Ler o melhor, ler o clássico, ler o que é bom. O que o tempo legou credibilidade, nos tira do lugar comum, nos tira de um universo reduzido de leituras e pensamentos. Nos tira dos vilarejos e nos leva as grandes cidades e catedrais, aos grandes museus, as grandes batalhas, aos grandes momentos que o mundo viveu.

Ler é fundamental, quem lê cresce, expande, respira e não apenas sufoca. Ler é algo tão fundamental para o ser humano que Deus nos deu um livro.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.