Sobre a leitura e a necessidade de resgatarmos a educação clássica (Trivium)

A leitura estimula a inteligência e o raciocínio em análises associativas e práticas. Elevando nosso entendimento e nos fornecendo histórias, fatos, juízos, dramas... Que nos levam a aplicação de tais informações a nossa vida.

A leitura proporciona sensibilidade. Nos levando ao artístico não como determinante para a realidade, mas, observando a realidade sermos lembrados da arte, e esta, que não é realidade, mas, não deve de todo se afastar dela nos dando senso integral da importância da imaginação na formação total do intelecto e àquela desta.

Ler é vital. Ler é necessário, mas, ler requer aprender a ler, e aprender a ler não é apenas identificar letras e juntar fonemas e sílabas.

Por isso se faz necessário o retorno da educação clássica. Educação essa que através da gramática filosófica, da lógica e da retórica nos elevam a uma condição de melhores leitores e melhores humanos.

O Trivium é essa arte educativa. Lendo não apenas com identificador de letras, mas, uma leitura pensante e hermenêutica. Essa gramática filosófica, vale-se da lógica e a lógica é ferramenta para a retórica.

A causa de não sabermos nos expressar grandemente se dá na deficiência da educação clássica. Não saber ler filosoficamente, não nos permitirá pensar logicamente sobre o que lemos e muito menos falar apropriadamente sobre o tema proposto.

Pr. Thomas Magnum

Professor de teologia, jornalista, comunicador social.