.1mês

nunca quis ser metade de ninguém, embora metade de mim quis ser seu inteiro.

nunca quis ter um amor que não me cabe;

um casulo que não mais me suporta.

me desculpa, virei borboleta.

pena que o mundo seja assim; passamos mais tempo na fase de lagarta.

quem dera fôssemos todos livres.

meu estômago estava cheio delas;

mas todo mundo sabe que as borboletas morrem após um mês.


Espero que este trecho com destinatário ao meu amor, sirva também para o seu;


Gostou do texto? Dá um coraçãozinho e me conta o que achou.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.