.como tudo acabou acabando

Não tem um começo e um fim nisso tudo.

Não consigo lhe dizer onde começa o meu eu e termina você.

Mas como termina em você, tudo acabou.

E eu, viciada nessa sua nicotina, preciso redescobrir quem sou.

Pode parecer besteira ou qualquer outro verbo, mas é amor, frente e verso.

Vira esse verso, e leia o verso.

Vira e veja;

Venha e seja;

Mira e admira;

E admita que sente minha falta, ó verso que se foi.

Verso que foi frente e verso dos meus poemas.

Juro que tentei não escrever sobre você, mas sobre o que mais escreveria?

Dizia que era infinita, mas eu sabia que não era.

como termina em você, tudo acabou.

Você pegou nossas almas e as descolou.

Rasgando qualquer chance, e deixando feridas.

Feridas e necessidades que nunca serão supridas.

Você foi minha fração de segundo, e em você tudo acabou.


Conte-me suas opiniões.