.poema despido

coisa louca é ser louco nesse mundo de sãos.

Insanos pensamentos, limpo por fora.

O que você não absorve, te devora.

Nada parece ter sentido algum.

Diz ser quem não é, e não é santo nenhum.

Só provei do seu ardor, mas guardei a dor que não podia. E escondi o amor, em uma poesia.

Tentei, não vou mentir.

Te entender; te sentir.

Mas nada parece ter sentido algum.

Estar aqui dois a dois, um a um.

Seus olhos nos meus, os meus nos seus. Parece até que mudas de cor, mas já me despi dos meus eus.

Só provei do seu ardor, mas guardei a dor que não devia. E contei do meu amor, com melancolia.

E enquanto escrevia, senti alívio para minha alma.

Não quero ser inconveniente, mas adorei te conhecer.

Não direi infelizmente;

me despi dos meus sentimentos e corro o risco de você ler este texto e saber o que eu sinto.

Mas eu sempre escondi meus sentimentos de você; acho que escondi até de mim.

acabou porque não deu certo;

não deu certo porque acabou.