Tiago em 728 palavras: passado e futuro.

Olá,

Nasci e fui criado em São Paulo, onde tive uma infância e uma adolescência bastante tranquilas, focadas nos estudos e na prática de esportes, em especial o futebol, vivendo junto dos meus pais, Adelina e Luiz, e do meu irmão mais velho, Maurício.

É com a minha aprovação no vestibular que diferentes desafios e caminhos surgiram, razão pela qual contarei com mais detalhes o período iniciado com o meu ingresso na universidade.

Aos 17 anos, fui aprovado no vestibular e iniciei o curso de Direito na PUC de São Paulo, motivado principalmente por compreender melhor as estruturas do Estado e o seu funcionamento. Posso considerar essa uma primeira grande conquista que se somaria, pouco tempo depois, ao meu ingresso em um conceituado escritório de advocacia de São Paulo. Permaneci nesse escritório até encarar um novo desafio: interessado em conhecer outras culturas e aprender um novo idioma, tranquei a faculdade por dois anos e me mudei para a Austrália, onde realizei um curso de Inglês e outro de Gestão de Negócios enquanto trabalhava realizando as mais diferentes tarefas, desde trabalhar em restaurantes até entregar jornais.

Certamente essa experiência ampliou os meus horizontes e me trouxe um grande amadurecimento por conta do contato que tive com pessoas que viviam realidades muito diferentes da minha, em especial, aquelas que enfrentavam grandes dificuldades em suas vidas. Vi colegas de trabalho que, como eu, buscavam uma oportunidade de crescimento pessoal e profissional, sofrerem preconceitos e serem deportados. A partir de então, passei a compreender melhor as outras pessoas e respeitar ainda mais as diferenças.

Retornei ao Brasil e, ainda durante a faculdade, passei a trabalhar na área de vendas de uma livraria. Após promoção, iniciei um trabalho na área de compras, onde aprendi técnicas de negociação e desenvolvi outras habilidades comerciais. Tais habilidades foram de fundamental importância em uma nova etapa que viria a seguir: juntamente com um sócio prospectei oportunidades na área de alimentação que resultaram na compra, administração e posterior repasse de uma cafeteria. Apesar de ter sido breve, com essa experiência, aprendi muito. Costumo brincar que os meses que estive envolvido nessa iniciativa empreendedora foram equivalentes a um curso de Administração.

Após essas incursões em diferentes campos, pude finalmente atuar em uma área que me garantiria maior satisfação profissional e intelectual trabalhando como Auditor de Responsabilidade Socioambiental em uma empresa multinacional de inspeção e certificação. Auditei por volta de cem empresas de diferentes portes e segmentos, por todo o Brasil e pude aprender com boas práticas de cada uma delas. Essa experiência, muito enriquecedora, impulsionou-me a entender melhor o campo da administração pública. Nessa busca, realizei a minha segunda graduação em Brasília, período em que combinei meus estudos com o trabalho em uma agência ligada ao Ministério das Relações Exteriores, onde pude obter um melhor entendimento de como se desenvolvem as relações e processos na gestão pública.

Saindo um pouco da minha trajetória acadêmica e profissional, entre meus amigos, sou conhecido por ser descontraído e animado, sempre disposto a reunir os amigos. Já meus familiares me veem como alguém que possui ideais e convicções bem definidos pelos quais luta constantemente. Um desses ideais é a busca pela construção de uma sociedade que respeite mais o meio ambiente, tema com o qual “perco” meu tempo com pesquisas na internet. Ainda com relação aos meus interesses e hobbies, gosto muito de viajar, acompanhar o meu time de futebol e andar de bicicleta.

Como é possível ver, minha trajetória é marcada por retomadas, novos arranjos profissionais, pautando-se sempre pela busca de novos desafios. Por isso, acredito que a J&J é a empresa ideal, na qual, por conta do seu grande porte e diversificação, eu poderia exercitar os meus interesses, capacidades e competências adquiridas em experiências anteriores, aliando o crescimento da empresa ao meu desenvolvimento profissional.

Por fim, espero que ao final de minha vida, eu olhe para trás e possa me orgulhar por ter feito parte da construção de um mundo no qual eu acredito. Sei que a minha contribuição nessa construção pode ser modesta, no entanto creio que mudanças concretas e duráveis dependem muito da combinação entre ações individuais e compromissos coletivos.

Antes de terminar agradeço pela oportunidade de falar um pouco sobre mim e espero ter conseguido apresentar minha história e meus planos com clareza e ficaria muito lisonjeado com a oportunidade de prosseguir no processo seletivo.

Um abraço,

Tiago