Deus nos lugares mais improváveis

A religião é como um câncer que insiste em colocar o Evangelho de Jesus numa caixinha. Os homens tentam delimitar a Deus de acordo com o sua própria justiça. Porém, quem disse que nós somos justos para dizer o que é justiça?

Não é atoa que a vida de Jesus inteira foi como foi. Ao mesmo tempo que libertava uns com seu amor, deixava outros de cabelos em pé. Aquele que insistir em ver com a limitação de seus olhos o amor ilimitado de Deus, vai gastar sua vida querendo provar que “Deus não é tão bom assim”.

Pra você, até onde Deus vai?

Nunca me esqueço, há pelo menos uns 10 anos atrás, um dia que estava em um carro com uns irmãos após um programa de Jovens na igreja que na época eu congregava, quando repentinamente o irmãozinho decidiu pegar um atalho pra chegarmos mais rápido ao nosso destino. Esse atalho era uma rua na contramão. Além do susto de ter entrado repentinamente numa rua na contramão, o que mais me espantou foi o que outro irmãozinho que estava conosco no carro que disse:

– Hei, irmão… não faça isso! Aqui Deus não está com a gente..

Eu, imediatamente, questionei:

– Como assim? Como assim “aqui Deus não está com a gente”? Por acaso, Deus segue placas de trânsito?

Me lembro como se fosse hoje; ele me olhou com aquele “olhar de espiritualidade” e disse:

– Claro! A bíblia diz que quando pecamos damos legalidade pro inimigo….

É óbvio que se ganhássemos uma multa, ou ainda pior: sofrêssemos um acidente, não seria culpa nem de Deus nem do diabo, afinal a imprudência foi do nosso motorista, então ele que leve o “crédito” pela culpa. É questão de lógica. É como pular de um prédio de 20 andares e dizer “pulei e dei legalidade pro inimigo na minha vida. Bati no chão e morri.”. Só se a força da gravidade for algum demônio ou algo do tipo, porque é a lei da física e você caiu simplesmente por que pulou.

Mas porque as pessoas acham que Deus é assim delimitado? Por acaso Jesus na cruz respeitou alguma suposta legalidade que nossos pecados deram a satanás? Por acaso ele abandonou ou deixou de amar alguém por conta de alguma coisa que essa pessoa tenha feito? Se até os que o torturaram na cruz ele amou e pediu a Deus para perdoá-lo, porque faria menos por alguém que pegou uma rua na contra-mão?

A verdade é que Deus está nos lugares mais inesperados. A bíblia diz que Deus é Luz e as pessoas tentam ver “as trevas” como uma luz preta, enquanto na verdade “viver nas trevas” é estar na ausência da Luz da vida. Está nas trevas aqueles que ainda não estão na Luz. E se Deus é amor, pode alguma coisa ter amor e não ter Deus?

Pra você, Deus está limitado à quê? Estilo musical? Programas de TV? Estilo de roupa? Opção sexual? Tradições? Visão filosófica? Ideologia? Por acaso, Deus está limitado as suas ideias? Ele está limitado naquilo que você crê?

Deus é simplesmente “o tudo”. Sem limites. As nossas caixas é que estão dentro de Deus e não Ele dentro delas.

Com amor, Tihh Gonçalves ©

*Publicado originalmente em Março de 2015.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Tihh Gonçalves’s story.