Sobre os hábitos do consumo

Recentemente li o livro O Poder do Hábito, Best-Seller do autor Charles Duhigg, e nele, além de dissecar como os hábitos são criados nos indivíduos, organizações e sociedades; são ensinadas diversas ferramentas para alterar os hábitos. Gostaria de adaptar aqui a principal ferramenta ensinada pelo autor, mas focando nas pessoas que possuem hábitos de consumo exagerados.

Vamos supor que você viu um sapato lindíssimo em uma publicidade do Facebook, ou viu uma saia muito legal para ir a festa que terá no próximo sábado, ou viu aquele relógio ultra-moderno que conecta perfeitamente com seu celular. Supôs? Agora, em seguida, você para para pensar e vê que você já tem 15 sapatos, que já tem 20 saias e que o seu relógio atual já tem todas as funcionalidades necessárias para as suas atividades.

O problema é que você já disparou um anseio muito forte para comprar um destes produtos e isso tudo, motivado por um hábito.

Portanto, o objetivo aqui é mostrar um passo-a-passo para você compreender o seu hábito e poder criar novos hábitos para substitui-lo. E esse passo-a-passo será baseado nas ações abaixo:

  1. Você identificará qual é a sua rotina
  2. Testará diferentes hipóteses sobre qual é a recompensa que você realmente espera com o hábito de comprar
  3. Aprofundará a compreensão de qual é a deixa, ou seja, o ponto inicial para o desejo de compra
  4. Montará um plano

Você identificará qual é a sua rotina

Bom, aqui vale uma reflexão inicial de algo que você já meio que sabe: Algo, um sentimento, uma necessidade, um desejo o fez olhar a exibição de um produto, você o comprou (essa é a rotina) e depois, obteve sua recompensa, como se achar mais bonito(a), mais moderno(a), mais completo(a), seja lá o que passa nessa sua cabecinha consumista.

Testar diferentes hipóteses sobre qual é a recompensa que você realmente espera com o hábito de comprar

Agora, dado que você já tem uma consciência sobre a sua rotina, você a esmiuçará, buscando compreender de fato qual é a recompensa que você procura atingir com a sua rotina.

Passos para esta etapa:

  1. Você levantará outras 5 alternativas de recompensa para o seu hábito de comprar. Por exemplo, toda vez que você sentir vontade de comprar um sapato, uma saia ou um relógio moderno, você levanta da sua mesa e conversa com um amigo ou seu parceiro(a). Outro exemplo, toda vez que você sentir vontade de comprar um sapato, uma saia ou um relógio moderno, você faz um café, come uma fruta ou um pequeno chocolate. Outro exemplo, , toda vez que você sentir vontade de comprar um sapato, uma saia ou um relógio moderno, você dá uma volta no pátio da sua empresa ou ao redor da sua casa. Outro exemplo, mandará uma mensagem para o seu parceiro/parceiro/filho/amigo dizendo o quão grato é por te-los em sua vida.
  2. Ao testar cada uma das alternativas, anote as três primeiras coisas que lhe vem a mente ao obter a recompensa. Podem ser emoções, pensamentos, reflexões ou apenas palavras que lhe venham a mente. Após, programe um alarme para daqui há 15 minutos e confira se você ainda sente aquele impulso de comprar o item.
Porque fazer isso?
Primeiro, isso força uma consciência momentânea do que você está pensando ou sentindo.
Além disso, estudos indicam que anotar umas poucas palavras ajuda você a lembrar depois do que estava pensando naquele momento.
E por que o alarme de 15 minutos? Porque a ideia desses testes é determinar qual é a recompensa pela qual você está ansiando.

Aprofundará a compreensão de qual é a deixa, ou seja, o ponto inicial para o desejo de compra

Em geral, as deixas para qualquer hábito giram em torno destas cinco categorias: Lugar, Hora, Estado Emocional, Outras pessoas e uma Ação especifica realizada anteriormente ao início do hábito.

Portanto, sempre que você sentir o desejo de comprar, fará as seguintes perguntas para si: Onde você está? Que horas são? Qual é seu estado emocional? Quem mais está por perto? Qual foi a ação anterior ao impulso?

Faça esse exercício nas próximas 5 vezes que você sentir o desejo de compra. A ideia aqui é facilitar a identificação dos padrões que o faz comprar sem necessitar.

Montará um plano

Agora que você já entendeu qual é a deixa que o faz comprar e o que espera sentir ao fazê-lo, você precisará montar um plano para utilizar uma das recompensas que você testou que mais se assemelham a sensação da compra ou que mais suprem o seu real anseio no ato da compra.

Se você sempre compra ao acessar uma rede social e estar entediada(o), busque fazer uma atividade no momento da compra. Se você sempre compra quando está triste, pode fazer algum exercício físico buscando ativar endorfina no corpo ou falar com um amigo muito engraçado. Se você se compra quando chega em casa, quando está próximo ao seu parceiro(a), porque não consegue falar o que pensa para ele, pode marcar com ele uma caminhada ou escrever uma carta com seus pensamentos para aliviar a sua ansiedade.

Enfim, pode-se seguir diversos caminhos para substituir o seu hábito, o objetivo deste artigo foi unicamente pegar uma ferramenta ensinada no livro do Poder do Hábito e adequá-la ao tema do consumo, com o intuito de ajudar você a customizar a sua própria ferramenta para evitar compras desnecessárias.

Espero ter ajudado e caso tenham gostado do texto, podem baixar um e-book gratuito onde escrevo sobre temas relacionados a este: www.tirandoamascara.com.br

Ou seguir minha página no facebook: https://www.facebook.com/tndamascara/

Ou seguir meu perfil no instagram: https://www.instagram.com/tirando_amascara/

E se não me seguir, de qualquer forma, já estou muito grato só em poder passar um pouco sobre as coisas que aprendo e compartilhar com você que chegou até aqui. Obrigado!