o mundo que cada um transporta dentro de si

Cada pessoa transporta dentro de si um mundo feito de tudo o que viu e amou; e, é para este mundo que incessantemente retorna, ainda que possa passar e parecer habitar um mundo que lhe é algo estranho.
- Chateaubriand, Voyage en Italie in Greenberg, J., & Mitchell, S. (2003). Relações de Objecto na Teoria Psicanalítica (p.29). Lisboa: Climepsi.
Peony de Agnes Cecile
Show your support

Clapping shows how much you appreciated Tânia Mealha’s story.