Até hoje a minha vida tem sido uma indecisão. Tudo aquilo que eu fiz até hoje foi incerto, desde a minha formação, aos desportos que pratiquei, projetos em que me inseri e decisões que tomei.

Parece que não há nada na minha vida que eu possa dizer com toda a certeza que pelo menos isto ou aquilo eu sei que é único, é especial, é a minha paixão. Penso que não sou o único que sinto falta de algo que me apaixone, algo que em vez de me prender, seja algo que eu não consiga largar, algo que penetre no mais profundo do meu ser e que me leve a sentir coisas que nunca senti. Sinto falta de um propósito de vida!

Hoje realizei duas descobertas importantíssimas que tenho vindo a fermentar ao longo destas últimas semanas.

  1. Descobri finalmente algo que me apaixona, que me dá certezas nesta vida de incertezas, que mudou completamente a forma como eu vejo os meus objetivos, as minhas ambições, os meus sonhos, que deu origem a uma disrupção completa à forma como eu olho para a minha vida, para o mundo e para as pessoas que me rodeiam.
  2. Descobri que esse algo é um alguém! Estou neste momento no meu quarto onde tu ainda nem sequer estiveste e sinto o teu cheiro! Funciona quase como um gatilho que ocupa a minha mente com a tua imagem, com a forma como me fazes sentir quando estamos juntos, algo tão simples, tão perfeito, tão claro e tão óbvio.

Imediatamente penso em ti, penso no que já passámos juntos mas principalmente no que ainda vamos construir os dois. Trouxeste-me uma certeza onde só havia incertezas e essa certeza é a única que eu preciso na minha vida. A certeza de que quero sentir o teu cheiro até ao fim!

Obrigado Menina por dares cheiro à minha vida!