5 lições de Gestão Empresarial que o corpo humano pode nos ensinar

lições de gestão empresarial

O corpo humano é a máquina mais extraordinária que já foi criada. É incrível a sincronia de como seus sistemas trabalham perfeitamente. Cada órgão possui uma função primordial para que seu corpo tenha um funcionamento normal.

Por essa razão não há como definir qual é o órgão principal do corpo. Cada um tem uma função única e que nenhum outro pode substituí-lo, a não ser que tenha a mesma função.

E na Gestão Empresarial não é muito diferente. Todas as áreas de uma empresa estão diretamente relacionadas. Não é possível definir qual área é mais ou menos importante, nem qual mereça mais ou menos atenção. E todas devem ser acompanhadas de perto para evitar danos que não possam ser reparados.

Os mais interessante do corpo humano é que se algo não está funcionando bem, o sistema sempre dá sinais de alerta. Pode ser uma dor de cabeça, uma dor no estômago, tonturas, dores no corpo, ou qualquer outro sintoma. Tudo para alertar que tem algo errado acontecendo.

E sua empresa também dá sinais quando algo está errado, e é sobre isso que vamos falar neste artigo. Não só vamos aprender medidas para evitar danos maiores, que podem levar sua empresa a morte. Essas medidas vão te auxiliar a cuidar da saúde do seu negócio e levá-lo a crescer mais rápido e com saúde.

Confira na sequencia as 5 dicas para uma ótima Gestão Empresarial em sua empresa!

1 — Tenha um bom Planejamento Financeiro

O financeiro de uma empresa pode ser comparado ao coração do corpo humano. Pois é ele que bombeia o sangue (dinheiro) para manter em funcionamento todas as demais áreas do negócio.

Sem um coração eficiente uma pessoa não tem uma qualidade de vida muita boa, até consegue sobreviver, mas se este não cuida do seu coração, a morte é certa. Assim também acontece em uma empresa. Um financeiro sadio consegue manter a empresa nos tempos de crise e mantém um crescimento saudável.

Na Gestão Empresarial, o Planejamento Financeiro tem papel fundamental, como o coração no corpo humano.

Por isso é de extrema importância que você sempre tenha em mãos um bom planejamento financeiro. Ele vai ser a dieta diária do seu negócio. Com ele você vai saber os limites da sua empresa. Conhecendo os limites, fica mais fácil não cometer erros que podem levar sua empresa a morte.

2 — Faça um Planejamento Operacional eficiente

Se o financeiro é o coração, o operacional da sua empresa representa os demais órgãos. E como você sabe, se um órgão para de funcionar, as coisas complicam tanto quanto se o coração parar.

Por essa razão, uma boa Gestão Empresarial deve garantir para que todas as áreas de produção e de apoio estejam recebendo recursos e utilizando-os de maneira efetiva para obter os melhores resultados utilizando o mínimo de recurso possível.

No corpo humano, os órgãos dão sinais de quando algo está errado, principalmente quando eles estão trabalhando além da capacidade normal. O operacional da empresa também. Alguns destes sinais podem ser: funcionários fazendo muitas horas extras, atrasos nas entregas, custos de produção muito altos, excesso de descartes e retrabalho, entre outros.

Se os órgãos trabalham abaixo da sua capacidade também não é uma coisa muito boa. Alguns órgãos se não forem utilizados constantemente podem até atrofiar. Uma empresa que trabalha abaixo da sua capacidade produtiva também corre sérios riscos de atrofias. Para saber se sua empresa esta trabalhando abaixo da sua capacidade produtiva preste atenção em sinais como: funcionários ociosos, alto uso de capital de giro, vendas apenas nos dias que tem divulgação…

Pra solucionar este ultimo ponto, o próximo passo deve ajudar.

3 — Mantenha Campanhas de Marketing perenes

Para você ter mais resistência física, é necessário levar o seu corpo ao limite. Porém é importante lembrar que existe um limite. Em uma empresa não é diferente. Todo negócio tem limites financeiros e de produção. Ultrapassar qualquer um destes limites ou trabalhar abaixo deles pode matar uma empresa.

Por isto, sua Gestão Empresarial deve garantir também que suas estratégias de Marketing estejam alinhadas com estes dois limites. Seu marketing deve gerar um fluxo constante de clientes, que não ultrapasse e nem fique abaixo da capacidade operacional de sua empresa.

Outro ponto de extrema importância é que Campanhas de Marketing efetivas devem ser mantidas durante o mês inteiro. Não adianta sua empresa ter picos enormes de ligações e contatos em um dia e não conseguir entregar com qualidade, para depois passar o mês inteiro trabalhando abaixo do que você consegue produzir.

4 — Respeite os limites de crescimento

Você sabe que ultrapassar o limite do corpo não é legal. Caso não saiba, tente correr na velocidade de Usain Bolt (o homem mais veloz do mundo). Para conseguir correr igual a ele, você precisaria treinar muito ou recorrer a drogas (anabolizantes) para conseguir chegar à mesma velocidade. A primeira opção é um processo mais demorado, mas é o que seria o recomendado. Já a segunda opção, além de ser prejudicial a sua saúde, se descobrirem você perde toda a credibilidade.

Em qualquer negócio também é assim. Se forçarmos o crescimento não vai ser bom (nem para a empresa, nem para os envolvidos como os funcionários e acionistas).

Para crescer com saúde o empreendedor e sua equipe precisam estar preparados para isso. Principalmente o coração da empresa (financeiro), por que é ele que vai bombear recursos para garantir um crescimento saudável.

Na Gestão Empresarial, o crescimento é primordial para a sobrevivência do seu negócio. Mas tome cuidado com os meios que você utiliza para crescer. Um crescimento muito rápido, por meio de anabolizantes, pode acarretar em uma série de problemas futuros (exatamente como no corpo humano).

5 — Acompanhe regularmente o Desempenho do Negócio

Todo mundo fala que é importante ir ao médico, fazer exames periódicos, mas a própria pessoa que fala não faz. Sabemos que o corpo dá sinais quando algo esta errado, então cabe a nós nos precavermos de uma coisa pior. Por isso devemos consultar especialistas e fazer exames regularmente.

Em seu negócio não pode ser diferente. Você deve estar atento aos sinais que sua empresa está dando. Na Gestão Empresarial, chamamos isto de Gestão do Desempenho Corporativo (CPM).

Não importa o tamanho da sua empresa, você precisa saber tudo referente ao seu negócio, principalmente se você quer levá-la a outro nível. Cobre da sua equipe relatórios de produção, de vendas, de despesas, esteja atento a todos os sinais que a sua empresa dá a você que algo está errado. Faça o acompanhamento do que foi planejado, frente ao que está sendo realizado. E o mais importante seja o dono que a empresa precisa.

Por fim encontre o equilíbrio perfeito para que você e sua empresa consigam ter uma vida longa e saudável. No caso da empresa se você fizer tudo direitinho ela pode até se tornar imortal.

Sobre o autor

lições de gestão empresarial

Este artigo foi escrito especialmente aos leitores do Blog do Treasy pelo Reginaldo Mendes, do blog Empreendedor Serial.

Reginaldo se intitula um “quase engenheiro”. Cursou até no 5° período de Engenharia Civil e ainda fez parte do curso de Engenharia Mecânica. Reginaldo é um apaixonado por conhecimento. Quando fazia faculdade, e até hoje, devorava tudo que era referente a sua da área de conhecimento e afins. Hoje ele se dedica o seu tempo a sua agência de marketing digital, CR5 Agência Digital, e a seu blog, empreendedorserial.com, onde ele auxilia empreendedores a melhorarem a gestão dos seu negócios.

Mais conteúdo sobre Gestão Empresarial

Como você já sabe, toda semana publicamos aqui artigos relacionados a planejamento, orçamento e acompanhamento econômico-financeiro. Também publicamos mensalmente materiais gratuitos para download como modelos de planilhas, white papers e e-books.

Portanto, se você ainda não é assinante de nosso newsletter, cadastre-se (aqui, logo abaixo) para receber este e outros artigos por e-mail, ou nos adicione nas redes sociais para ficar por dentro de tudo que acontece por aqui.

E se o conteúdo do artigo foi útil para você e sua empresa, deixe um comentário e compartilhe com seus colegas utilizando os botões das redes sociais que ficam aqui logo abaixo.


Originally published at Treasy | Planejamento e Controladoria.