Pra trás só pra ir pelo caminho certo

Patrick Viveiros
Jan 6, 2018 · 2 min read

Andamos perdidos. Não entendo onde estou, e quando olho para frente vejo um caminho turvo até o meu destino. Diante dessa confusão, muitas vezes me deparo com o questionamento de para onde estou indo.

Dizem que o que importa é não parar, continuar andando, que uma hora chegaremos lá. Mas onde será esse “lá” de que tanto nos falam? Será que o lugar para onde guiamos nossas vidas realmente carrega toda essa importância que os outros impõe a ele, ou estamos apenas nos vagando sem rumo e, muitas vezes, correndo para um lugar sem sentido e vazio?

É hora de parar. Respirar. E tentar entender.

Parar de andar sem rumo e entender o que realmente precisamos. Esconder-se atrás dos desejos dos outros nos levará até onde o outro sonhou em estar, mas, quase nunca, nos levará aonde realmente devemos estar.

Respirar e olhar para onde estamos. Muitas vezes seguimos correndo de forma tão rápida que não nos permitimos apreciar a viagem que trilhamos. Fechamos nossos olhos desejando alcançar alguma grande realização, e esquecemos que as melhores das realizações só podem acontecer no presente. Se não respirarmos correremos para sempre, e só no fim perceberemos que já estivemos no melhor lugar do mundo.

Tentar entender para onde devemos ir. Digo tentar porque essa não é uma questão fácil e nem absoluta. Temos amigos e estamos cercados de pessoas que querem o nosso melhor, pessoas experientes, mas que, talvez, não entendam o que só nós conseguimos enxergar. É vivendo que se aprende sobre a vida, e é esse aprendizado que nos ajudará a descobrir se estamos no caminho certo ou não. Nem sempre andar para trás é ruim. Muitas vezes, quando percebemos que erramos o caminho, precisamos voltar alguns quilômetros e pegar a estrada da esquerda ao invés da da direita. Muitas vezes seguir pelo caminho da direita com toda a velocidade só vai nos afastar do percurso que sabemos precisar percorrer.

Se hoje você não sabe em direção a que está andando, talvez o melhor a fazer seja gastar algum tempo “parado”, pensando, e se assim decidir andando para trás e experimentando um caminho diferente. Talvez esse seja o caminho certo. Experimentar e errar não é um problema! Na verdade, muitas das vezes é a melhor solução. Depois de alguns erros teremos experiência suficiente para reconhecer por onde ir, mas para isso precisamos assumir o controle, desligar o nosso piloto automático, e tentar mais uma vez.

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade