A maconha no estado de Oregon

Educate before you recreate

Desde o dia primeiro de Julho deste ano, o estado americano de Oregon regulamenta o uso e a posse de cannabis para seus cidadãos adultos. Com o slogan “Educate before recreate” que significa algo como “se informe antes de usar”, o governo sugere que o usuário não só tenha liberdade para usá-la, mas que o faça de forma responsável, procurando entender o que é permitido e o que não é pelos órgãos que regulamentam a erva.

Site do governo explica o que é legal e o que nâo é. whatslegaloregon.com

O que pode?

Desde que a pessoa tenha mais de 21 anos:

  • Manter em casa até 230g de maconha ou ter consigo 30g fora dela;
  • Ter até 4 plantas, longe da vista do público;
  • Dar e receber a erva ou alimentos preparados com a mesma.

O que não pode?

  • Dirigir sob efeito da substância;
  • Vender fora de loja licenciada;
  • Levar a erva para fora do estado.

Se olharmos essas regras podemos nos fazer algumas perguntas. Por exemplo: por que adolescentes não podem usar, como os adultos?
 Estudos sugerem que o uso de maconha na adolescência possa gerar problemas para o usuário, como adiantar sua puberdade e retardar seu crescimento¹, dificultar seu desempenho cognitivo² ou comprometer o desenvolvimento do cérebro³. Outros estudos menos científicos se aproveitam do tabu para associar a erva a um comportamento moralista impróprio e devem ser analisados com atenção para não perpetuar essa crença. De modo geral, os cientistas concordam que não se deve usar a erva durante a adolescência. Isso explica a multa de até 1.250 dólares a ser aplicada a aqueles que forem pegos com pequenas quantidades de maconha nos arredores de escolas4, para evitar que crianças e adolescentes tenham algum tipo de contato inicial com a mesma.

A venda legalizada só começará em 2016, mas até lá, as pessoas podem cultivar a planta em suas casas. Essa série de regras evidencia, em primeiro plano, que tem se avançado muito no debate da legalização, principalmente nos Estados Unidos onde o mercado de cannabis já movimenta mais de 70 milhões de dólares só no estado da California.

Caso todos os estados legalizassem a erva, a renda produzida com esse mercado movimentaria mais dinheiro que todo o saldo oriundo da venda de produtos orgânicos na agricultura americana.

Ainda é visível um certo conservadorismo por alguns grupos da população, mas o livre mercado vem batendo com essa visão de frente em busca de seus lucros estratosféricos. Por um lado é bom ver que vários problemas sociais como o encarceramento em massa e a morte das pessoas envolvidas com o tráfico serão diminuidos, mas por outro, surge a questão de que a erva está sendo apropriada pelo mercado e criando interesses financeiros que podem influenciar em futuras decisões políticas.

Referências

  1. European Society of Endocrinology. “Smoking marijuana may cause early puberty and stunts growth in boys.” ScienceDaily. ScienceDaily, 18 May 2015.
  2. http://www.webmd.com/brain/news/20101115/early-marijuana-use-later-brain-problems?page=2
  3. Wilson, William, et al. “Brain morphological changes and early marijuana use: a magnetic resonance and positron emission tomography study.” Journal of addictive diseases 19.1 (2000): 1–22.
  4. http://norml.org/laws/item/oregon-penalties-2