A esquerda precisa dar uma basta no PT

Como eu já disse, “não precisamos mais de fanáticos seguindo um líder messiânico minando qualquer alternativa de esquerda para se perpetuar no poder.”.

Tarefa urgente da esquerda é isolar e superar o PT. Já estão caçando culpados pelos erros deles e, claro, os culpados são o Ciro, a Marina, eu, você, o mundo inteiro MENOS dirigente do PT que defendia que o segundo turno ideal era contra Bolsonaro, menos a Gleisi que defendia que Lula fosse solto a cada oportunidade, ou Dilma que cantou vitória no dia da eleição (aquela velha zica), ou todos os fanáticos incapazes de mínima autocrítica ou de entender o mundo que os cerca.

O PT é tóxico, a esquerda precisa se livrar de vez desse entulho antes que seja tarde. Aliás, já é tarde, já temos um governo potencialmente fascista pronto para assumir o poder em pouco mais de 2 meses e cujos membros já tem promovido violência e intimidação. Ou seja, temos de recuperar o tempo perdido antes de mais nada.

Nunca será a hora de criticar o PT. Nunca será a hora dos petistas assumirem sua responsabilidade. Eles irão seguir gritando VAI PM, se aliando com todos os bandidos possíveis (mas exigindo pureza dos demais), exigindo fidelidade canina e cega em troca de nada além de pressão e ameaças.

Se deixarmos o PT liderar a oposição iremos nos afundar e nunca mais nos levantar. Chega de Lula, chega de narrativas fakes de GOLPE, chega de centrais de fake news, chega de chamar de fascista a todos que discordam de você porque quando chega um de verdade ninguém acredita (vejam que EU fui chamado de fascista também!), chega!

Já deu tratar o PT como vítima de qualquer coisa, ou pior, como líder de alguma coisa. Como referência, como esquerda. São um grupo de fanáticos dispostos a tudo, que na hora que precisam EXIGEM seu apoio para depois te tratar como inimigo pior que quaisquer outros.

Não se esqueçam, o PT elegeu Bolsonaro, mas jamais assumirão a responsabilidade pelo que fizeram: