O Brasil deveria ser potência mundial

Malas de dinheiro encontradas em apartamento de Geddel Vieira, amigo do Lula, da Dilma, do Temer, enfim, da quadrilha

O Brasil podia ser potência mundial, não fosse o brasileiro em geral um grande filho da puta.

No Rio uma quadrilha se especializou em alugar armas pra assaltos. Oras, não alugamos carros? Porque não armas? Coisa de gênio. Pena que na hora de inovar só inovamos pra fazer merda.

Não conheço um brasileiro que não diga que precisamos de mais (e melhor) educação, mas quantos estão dispostos realmente a ver e fazer isso acontecer? A investir de verdade em educação, em valorizar professores, financiar pesquisas e etc?

O brasileiro reclama (às vezes com razão) que a escola não ensina muito do que importa pra vida. Verdade, às vezes estudamos como calcular molalidade, mas não sabemos pagar um boleto. A escola poderia sim ser mais ampla, mas é isso mesmo que querem? Vi esses dias uma mini-revolta eclodir diante de uma foto de um evento em uma escola pública onde ensinavam como enviar nudes de forma segura.

Revolta, raiva, “o que estão fazendo com nosso dinheiro???”, “porque não ensinam a calcular molalidade?”, etc….

Oras, estão fazendo o que pediram, ensinando pra vida. Ensinando sobre uso de tecnologia, autodefesa, empoderando especialmente mulheres, educando para que exista mais respeito, etc… O brasileiro quer é gritar que está tudo ruim e reclamar mais ainda quando tentam fazer alguma coisa pra melhorar.

Mas o Brasileiro é esperto: O tráfico se reinventa, os políticos encontram mil formas de roubar e escapar ilesos, a PM comete suas chacinas sem grandes preocupações e grande parte do povo se vira pra sobreviver. É muita criatividade, sem dúvida. Como pode um sistema tão podre e falido ainda se sustentar? É coisa que nem mil prêmios Nobel são capazes de entender ou explicar. Mas nós seguimos adiante.

Agora temos a notícia de novas gravações do Joesley Batista — o amigo do Lula, da Dilma, do Aécio, do Temer, enfim, de toda a quadrilha — que envolvem até o STF. A torre de marfim foi arranhada. São 4 nomes, um já sabemos quem é, não poderia ser mais óbvio, mas e os outros 3? Mais de 1/3 do STF envolvido em corrupção? Não surpreende, mas assusta. Não sobra nada, nem ninguém.

Mesmo o MPF estava infiltrado, assessor de Janot foi pego também ajudando os corruptos e lhes repassando informações.

Aquele famoso áudio do Jucá que os petistas adoram usar escondendo sempre uma parte (a que cita Lula) parece profético. Caminhamos pra um acordo entre todos, executivo, legislativo e judiciário (E empresariado) pra salvar o cu de todo mundo. Do Lula, do Temer, do PSDB, do PMDB, do PR, do STF, da JBS, enfim…

Não sobra um.

Enquanto isso parte da esquerda tenta defender o Lula, outra parte (ou a mesma parte) acha mais importante lacrar, fazer fanfic e/ou exigir pena de morte para deficiente mental e ficar fazendo guerrinha identitária.

O que sobrou?