Afinal, não assistimos a séries suficientes — Parte 1

Todo ano é isso. A gente tem uma lista imensa de coisas para assistir, ler e ouvir. Daí chega setembro e a lista que já era difícil de acompanhar, fica impossível com as novas séries da temporada de outono americano (a "fall season"). É nessa época que chegam aos canais abertos americanos as séries novas e as temporadas novas das séries antigas. É um momento de alegria e desespero (às vezes de profunda depressão com o trabalho e com a vida social etc.). Eu, humildemente, vi algumas coisas e quero, mais humildemente ainda, compartilhar com vocês algumas impressões.

  1. THIS IS US

Capa da Entertainment Weekly, aposta certa para os Globos de Ouro, a nova série da NBC é a nova sensação em Hollywood. Como diriam os antigos, um "must" de 2016. O piloto da série conta a história de quatro pessoas no dia em que completam 36 anos de idade. Tem o Jesse de Gilmore Girls (ou Peter Petrelli de Heroes IRGH) e o advogado de defesa do OJ Simpson em The People vs OJ Simpson — American Crime Story. O elenco é ótimo, a direção é ótima, o roteiro é ótimo. O piloto deixou todo mundo maluco com aquele final (ótimo mesmo), mas me soou com uma série feita por algum autor de livros de auto-ajuda. Já no seu quinto episódio, a série provou que é uma novela americana de ótima qualidade e que merece minha atenção. Isso se eu não me desidratar completamente de tanto chorar. Acontece.

2. THE GOOD PLACE

Órfãos de Parks and Recreation, enfim, temos uma comédia "ishperta" na TV. Melhor estreia da temporada, a série tem a Kristen Bell e o Ted Danson, o que já bastaria, mas tem uma trama legal, um elenco de apoio supimpa e aquele clima de comédia de Parks que tanto nos fez sofrer com sua ausência. A história é a seguinte: Kristen Bell é uma "bitch" que morreu e foi parar no Nosso Lar Bom por engano em vez de ir pro Nosso Lar Mau. Daí, isso gera muitas confusões. A série só melhora a cada episódio e atingiu o ápice nas últimas semanas. Ou seja, invista que tem retorno.

3. MÁQUINA MORTÍFERA

Quem diria que uma série baseada em um filme clássico dos anos 80 ia conquistar meu coração de pedra? Pois Máquina Mortífera me ganhou. Talvez seja a minha necessidade de ter uma série procedural (precisamos encontrar outro nome menos feio para esse tipo de série) na minha vida, talvez seja porque eu gosto de cenas de perseguição e carros explodindo… Não sei. Só sei que eu, toda semana, assisto e me divirto muito com a série. Fora que o cara de Rectify tá ótimo como o Martin Riggs novo. Nem o Damon Wayans estragou a série pra mim. Olha só.

4. DESIGNATED SURVIVOR

Ótimo, aprendemos alguma coisa sobre a estrutura política americana que não sabíamos, mas não desceu bem. Jack Bauer, me desculpe.

5. TIMELESS

Gostei do piloto dessa série sobre viagens no tempo, mas eu tenho mais o que fazer.

6. SON OF ZORN

É aquele negócio, o piloto até diverte, mas você se cansa da piada na metade dele.

***

Dividi essa matéria especial (cof cof) em duas partes por falta de tempo de ver tudo (a não ser que seja um lixo completo, não vejo só o piloto e quero ver pelo menos os três primeiros episódios. Vai que a coisa melhora). Em breve, tem mais. Vocês não podem deixar de perder.