Bitcoin e a evolução do dinheiro

O dinheiro teve diferentes formas ao longo dos anos, desde o uso de conchas, gado, grãos e tabaco como formas primitivas de dinheiro até o dinheiro em papel que usamos atualmente.

Desde as formas primitivas de dinheiro até a atual, todas falharam, algumas por causa da falta de durabilidade (grãos/tabaco), transportabilidade (metais/pedras preciosas), indivisibilidade (gado), fungibilidade (gado/tabaco/conchas), inflação (moeda fiduciária) ou falsificação (um problema para praticamente todas as formas de moeda no longo prazo).

Bitcoin é uma moeda digital privada descentralizada com uma oferta fixa, uma política monetária transparente e orientada pelo consenso. Por ser um ativo digital o Bitcoin possui uma alta durabilidade, portabilidade e divisibilidade. Além disso, o conceito mais inovador a respeito do Bitcoin é a “blockchain”, um livro-razão público contendo um registro verificado de todas as transações, o que torna o Bitcoin à prova de falsificação.

Todas essas características contribuem para uma aceitação cada vez maior do Bitcoin e aceleram o desenvolvimento de novos produtos e serviços tendo o Bitcoin como principal moeda. É possível encontrar serviços de remessas e pagamentos internacionais, cartões de débito, empréstimos pessoais, entre outros.

Sua política monetária transparente e oferta fixa (é emitida uma quantidade pré-determinada de bitcoins a cada 10 minutos aproximadamente, com uma redução da oferta pela metade a cada 4 anos, até o limite de 21.000.000 de bitcoins) fazem do Bitcoin uma excelente opção como reserva de valor.

Durante décadas o ouro tem sido um refúgio seguro para investidores em tempos de crise, mas analisando os cenários de turbulência econômica dos últimos anos os investidores parecem ter escolhido um novo porto seguro. Quando a economia do Chipre caiu em 2013 o preço do Bitcoin disparou, quando governo chinês desvalorizou o yuan em 2015 o preço do Bitcoin voltou a subir fortemente, e quando o Brexit sacudiu os mercados europeus fez com que o Bitcoin subisse até USD 100 em um único dia.

Com o Bitcoin em tendência de alta, a moeda se tornou uma excelente opção de hedgepara se proteger da variação do Real em relação ao Dólar.

Ainda que haja uma alta volatilidade em relação ao preço, durante os últimos meses o Bitcoin teve períodos de menor volatilidade do que a libra esterlina e a medida que sua adoção aumente, aumentando a liquidez, o preço deverá se tornar mais estável.

Em 2011 a volatilidade mensal beirava os 16% enquanto hoje está na casa dos 2% com base no dólar americano.

Para uma moeda essa estabilidade é extremamente importante, pois a torna mais confiável e atraente não apenas para investidores mas também para uso diário no comércio.

Também não podemos desconsiderar o Bitcoin como uma ferramenta de inclusão. De acordo com pesquisas do Banco Mundial e da Mckinsey , ¾ da população global mais pobre não possui acesso aos serviços financeiros convencionais como contas bancárias, empréstimos e cartões de débito e crédito, não apenas por causa da pobreza, mas também por causa dos custos, distância dos grandes centros e burocracia. O mesmo estudo correlaciona inclusão financeira com crescimento do PIB, sem estar conectadas a esses elementos fundamentais do sistema financeiro global, é extremamente difícil para as pessoas participarem da economia de maneira eficiente. Por outro lado, a cada dia mais pessoas possuem acesso à internet, pesquisas recentes indicam que até 2020 metade da população mundial estará conectada à internet através dos telefones celulares.

Bancos Centrais do mundo todo tem emitido relatórios constantes a respeito do Bitcoin. Em 2014 foi fundada a R3, uma empresa de tecnologia de banco de dados que lidera um consorcio com mais de 70 das maiores instituições financeiras do mundo para pesquisa e desenvolvimento da blockchain para uso no mercado financeiro. Junte isso ao fato de que consumidores e comerciantes aos poucos começam a introduzir o Bitcoin em seu cotidiano, é praticamente impossível não imaginar que as criptomoedas substituirão naturalmente o papel moeda e mudarão completamente a forma como nós nos relacionamos financeiramente.