Manifesto NU

Foto do Projeto Chicos | Julho 2015

Acredito no corpo livre, na mente livre, na liberdade de ir e vir, de pensamento, de sentimentos, de expressão, numa transgressão contínua…

Fiquei 30 dias com bloqueio para postar e fazer qualquer outra ação no Facebook pelo manifesto de forma plural a cultura do nu masculino na página @descotidiano.

Mas o que então esta imagem de minha nudez representa afinal?

Na verdade ela representa uma forma de pensamento que busco e que vivo, que sinto, que norteio meu conhecimento, minhas ações, minha forma e ética como ser humano que nunca se limitará por regras de uma sociedade hipócrita e cada dia mais “fakista” das aparências e dos bons costumes ditos por classes dominantes protetoras da ultrapassada família tradicional.

No século XIX o jornalista, médico e político Libero Badaró foi brutalmente morto por acreditar num liberalismo possível para o Brasil. Mas que isto tem a ver?

Acredito que temos que sempre nos opor a qualquer forma de censura, de manipulação de nossas opiniões, estamos numa época de muitas evoluções mas também muitas involuções. Deixar tudo à merce de uma uma rede social, acreditando que é onde podemos nos expressar e construir em cima dela nosso pensamento, nossa crítica e a educação de nossos filhos e sobrinhos, é ridículo, pequeno, insignificante.

Então, se você que está entre xs amigxs no perfil do Facebook e que se ofende com a imagem acima: faça-me um favor, desfaça sua amizade por aqui e na vida. Se você se indigna ainda em ver uma pessoa nua: reveja seus conceitos. Se você se indigna ao ver uma imagem de duas pessoas que não são do mesmo sexo se beijando e nuas, por favor, reveja também seus conceitos. Se você só acredita numa forma de amor, mais mono do que poli, por favor, reveja seus amores. Não precisa fazer, basta o RESPEITO.

E se você não entende que tudo mudou e que as pessoas podem ter escolhas de vida, que podem escolher o gênero onde se enquadram como ser humano independente de seu sexo, seu gênero, de sua sexualidade, ou por sua aparência, de sua gordurinhas a mais, de sua magreza, de seus olhos vesgos, de sua cor, de seus cabelos enrolados ou não, ou ainda por ser portadora de deficiência, ou ainda simplesmente por ter alguns pensamentos diversos ao seu… POR FAVOR reveja muito seus conceitos, ou melhor, tente se REINVENTAR, sofrerá menos e será muito mais feliz cuidando da SUA VIDA.

Agora se você concorda com as minhas palavras acima: 
UNIRMOS para transformar o que for possível e gritar bem alto, cada dia mais alto, para àqueles que fazem tudo ficar mais difícil nosso convívio neste planeta.

LUTEMOS contra qualquer forma de preconceito, de censura, de violência física ou moral, seja daquelx que dorme ao seu lado, que trabalha ao seu lado. Ah, e se este tipo de violência acontece com alguém próximo à você: DENUNCIE. Vamos lutar contra tudo que nos diminua como seres pensantes, seres que sabem a diferença do bem e do mal, que sabem que podemos ser melhores em nossas atitudes e palavras. SEJAMOS ÉTICOS, VERDADEIROS E AUTÊNTICOS!

LUTEMOS NUS sempre contra a forma repulsiva de certas pessoas! 
O NU como uma forma de MANISFESTO, onde podemos declarar e aclamar por mudanças que tanto precisamos!

O NU pela queda de tudo que nos fazem piores, que nos fazem ser nada além de seres desprezíveis, insignificantes. O NU pela não marca, pela pele, pelos pêlos, pela identidade de gênero seja qual for. O NU contra a violência as minorias, o NU pela liberdade, o NU pela denúncia daqueles que precisam de ajuda e apoio, o NU pelo ato de viver como devemos ser: NÓS MESMXS!

Like what you read? Give Pacx Sampaio a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.