LANÇOU! — Ana Clara + Meio Amargo

Aeeeeee! We’re back, bitch!!!!!!

Depois de uns dias de sumiço, este blogão de meu deus (estado laico porra!) está de volta trazendo o Lançou! e o ministério de saúde já adverte:

te prepara que lá vem bad, maninho!

Lucas Padilha + Ana Clara

Para a felicidade da nação, uma série de vídeos vem aí, encabeçados por dois grandes artistas da cena paraense: Meio Amargo na pessoa de Lucas Padilha e Ana Clara. Então simbora conhecer um pouco do trabalho deles!

Ambos lançaram os EP’s de estreia em 2014, inclusive dividindo as noites de shows no Sesc Boulevard na ocasião. Ana Clara lançou o primeiro álbum em 2015, homônimo, pelo selo Na Music que você pode ouvir nesse link — contendo uma composição de Lucas, “Sem Chão”.

Ana Clara por Tita Padilha

Já o primeiro álbum do Meio Amargo veio em 2017, o independente “Tudo o que dissemos que não era” que você pode ouvir nesse link. Paralelamente aos lançamentos “solo”, com a longa convivência, os direcionamentos semelhantes e as referências compartilhadas, foi natural o surgimento de várias composições, sintonia que tem resultado em alguns planos.

Meio Amargo por Erik Lopes

Em 2015, eles fizeram a primeira gravação conjunta, para a canção “Zelda”, com os vocais dos dois, violão de Lucas, teclado de Ana Clara e mais Marcelo Damaso (guitarra), Manuel Malvar (baixo), Ulysses Moreira (bateria) e a mixagem de Murilo Faria (da paulistana Aldo The Band). Desde então, vieram outras composições em dupla e a ideia de gravar um disco em parceria no futuro.

Antes de partir para a produção do álbum, Ana Clara e Meio Amargo pensaram em um formato mais compacto para registrar algumas músicas em vídeo. Em março de 2017, eles voltaram ao estúdio juntos para registrar quatro faixas, com vozes, teclado e violão. Gravaram “O Adeus Veio Depois” (do disco dela, composta por Marcelo Damaso e Marcel Barretto); “The Johnny Depp Song” (composta por Lucas, do disco dele); uma versão para “Sujeito de Sorte”, de Belchior; e uma nova parceria, “Carta ao Descompasso”. Eduardo Feijó assina a gravação, mixagem e masterização. Os vídeos foram realizados por Erik Lopes, Tita Padilha e Lucas.

Frame de O Adeus Veio Depois

O lançamento do primeiro vídeo foi dia 10/10 (e você pode conferir nesse link) com a música O Adeus Veio Depois, uma composição de Marcelo Damaso e Marcel Barretto que fala de um amor no fim, se teu relacionamento tá no estágio final, separa o brigadeiro que tem bad de sobra! A preocupação da voz da música é não ser a pessoa que irá dizer o adeus e antes disso, ela fez uma série de coisas que personifica esse adeus. Quer saber o que é? Escuta a song e confere o vídeo que tá lindão!

Spoiler: Às terças tem vídeo novo! Fica esperto!

E O POST DE HOJE FICA POR AQUI!

Em breve voltaremos à programação normal com a agenda, nossos faixa a faixa e claro, o que tem de melhor da música paraense!

Quer sua banda aqui? mande seu material para o upnacena@gmail.com que divulgamos com todo carinho! E vamo pra cima, #UpNaCena!