Os barulhos que o silêncio revela

(principalmente quando o bebê está dormindo)

Um bendito osso do tornozelo que sempre estala quando levanto.
O ângulo exato em que as portas rangem.
O picote do papel higiênico sendo puxado.
O roçar do meu corpo no lençol.
O carregador do celular encaixando na tomada.
A cuspida da pasta de dente na pia.
O meu pé entrando no chinelo.
A porta do guarda roupa correndo no trilho.
A porta do guarda roupa correndo no trilho r esbarrando na sacola do edredon que tá com um pedaço pra fora do compartimento.
A consciência exata de quais tacos estão soltos.
O arrastar da janela quando é fechada.
O ronronar da gata.