madrugadinha

liberdade

quando o corpo não se sustenta sobre o peso de si próprio. 
respiração ofegante,
 cabeça vagando pelas lembranças do teu cheiro bom.
 que horas são- 02:37,
 ontem o tempo foi gostoso com a gente.
 uma vontade de chorar agora. 
soluço no peito.
02:50, TIC-TAC sem parar num tempo infinito.
 ouve uma canção comigo e me beija com beijos de apagar luzes de ruas sem saída?! 03:01. cinco de julho2017.