#2 — Desnecessário ter tanta foto de um marido que não é seu

2015 quase na metade e Facebook de casal


Era uma manhã belíssima no meu trampo, geralmente os quintos dias úteis são sempre tão bonitos... Eu ainda estava na sala da Crentelha, devia estar terminando de preencher vales pros piões quando ouvi o som do Facebook Messenger. Fiquei surpresa já que não costumo receber mensagens por lá, na verdade eu detesto o chat do Facebook apesar de achar o app bem bonitinho. Continuando, fiquei surpresa, mas deixei pra lá, devia ser o meu pai enchendo o saco como sempre. Depois de um tempo fui dar uma olhada e pra minha surpresa era um dois piões da firma.A surpresa aumentou quando eu abri a janela e vi que na verdade era a esposa dele. Ela veio toda linda e serelepe pedindo que:

Se for possível tirar as fotos dele no seu face; pois acho q vc n tem nada com ele então desnecessário ter tanta foto de um marido que não é seu

Confesso que fiquei chocada. Nunca ninguém tinha me pedido pra apagar fotos de uma rede social (Tá, teve o Hélter, mas nesse caso ele não era uma louca ciumenta), soltei uma risada nervosa, debochei do fato dela ignorar o fato de que talvez ele fosse um amigo e que amizades entre homens e mulheres podem acontecer ainda mais quando o homem é feio de doer, respirei fundo e respondi que retiraria sim, mas que a preocupação dela era um tanto fail, já que as foto são vistas apenas pelo pessoal do trabalho. Aí ela solta essa..

Então como estão sendo vistas por mim?

Nessa hora eu dei um facepalm de arder a minha cara. É óbvio que você tá vendo né, sua anta! O perfil é do cara também. Expliquei isso pra ela, que pareceu meio relutante em acreditar, mas continuou irredutível

Pode até ter grupo, mas meu marido n ok?

Rolei os olhos, devolvi o ok e apaguei as fotos, mas ainda louca de raiva alheia. Como é que pode um cara se sujeitar a um relacionamento desses? Como um cara tão gente fina pode aturar uma mulher tão maluca e controladora? Nem eu que sou hiper insegura com tudo achei isso um absurdo! Essa mulher deve ser do tipo que cheira as roupas, vasculha celular sente ciúmes até da própria mão dele quando tá batendo bronha. A minha vontade na hora foi de apagar todas as fotos em que ele aparecia, jogar no PhotoScape e passar aquele efeito que pixeliza tudo(inclusive meu niver tá aí, vai ter festinha e se eu quiser ainda posso fazer isso).

Do alto da minha experiência de zero namoros e duas friendzones achava até agora que o grande alicerce de um relacionamento é a confiança, mas acho que perdi o plot twist que transformou a vida conjugal em jogo de stalking.


Você que acordou cedinho pra caçar pornô no zap zap do seu mozão, OLHA A HOOOOORAAAAAAA!!!


Este é mais um episódio de Vanessa Tocha’s Trampo Life (o segundo, na verdade). A grande maioria dos textos serão unlisted aqui no Medium, então fiquem ligadinhos no meu Twitter que logo logo saem mais links!

E se você gostou do texto, não seja tímido! Clica aí no botão Recommend pra fortalecer a amidade!


One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.