Brincadeira de Criança: a importância de brincar

Atualmente muitos pais, cuidadores e adultos tem procurado fornecer às suas crianças brincadeiras estruturadas e elaboradas, com brinquedos pedagógicos, atividades lúdicas ou mesmo brinquedos eletrônicos e com multifuncionalidades. Muitos assim o fazem pois acreditam que propiciar um ambiente de aprendizado durante a brincadeira é a única forma de estimular o desenvolvimento saudável de seus pequenos.

Entretanto, é preciso lembrar que crianças são diferentes de nós. Pensam de maneira diferente e aprendem de modo singular. Seu cérebro está em processo de amadurecimento desde seu nascimento: as células neuronais estão crescendo e realizando novas conexões, denominadas sinapses. Estima-se que uma criança de três anos tem duas vezes mais sinapses que um adulto. Esta quantidade de sinapses alta propicia uma maior capacidade de aprendizado. As crianças aprendem com muitas coisas diferentes: com as experiências vividas, as interações com seus pais, amigos e cuidadores e também pela própria brincadeira.

É importante dar às crianças objetos do mundo adulto para que ela invente a brincadeira, tais como caixa de papelão, canetas, panelas, jornal…estes objetos tendem a ser mais interessantes que brinquedos eletrônicos e estimulam a criatividade dos pequenos

É por meio da brincadeira que a criança aprende sobre a sua cultura, papéis sociais e se relaciona com o meio em que vive. Brincar favorece a criatividade, a cognição e o domínio da linguagem. Quando uma brincadeira segue muitas regras ou uma estrutura (como a de brinquedos cheios de funções), deixa de favorecer a inventividade da criança e a sua autonomia. É importante dar às crianças recursos do próprio ambiente para que ela invente a brincadeira, tais como caixa de papelão(que vira carro, foguete…), canetas, panelas, jornal, por exemplo. Além disto, o envolvimento dos pais e cuidadores nas brincadeiras é extremamente importante, pois fortalece os laços afetivos e propicia a interação e a comunicação. O vídeo abaixo traz a importância do brincar para a aprendizagem e o desenvolvimento infantil.

Brincar por brincar é prazeroso,pois brincando as crianças também podem exprimir a agressividade, dominar a angústia, aumentar as experiências e estabelecer contatos sociais. E não é apenas para as crianças que a brincadeira é importante: para os adultos, ela propicia momentos de descontração, lembranças de seu passado e fortalecimento de vínculos afetivos. Ficou com vontade de brincar com as suas crianças? Aí vão algumas dicas:

1. Deixe a criança escolher do que vão brincar e onde (desde que seja um local seguro).

2. Relaxe. Brincar não precisa seguir um roteiro.

3. Entre na fantasia da criança.

4. Esteja inteiramente presente na brincadeira.

5. Divirta-se!

Referências:

CORDAZZO, Scheila Tatiana Duarte; VIEIRA, Mauro Luís. A brincadeira e suas implicações nos processos de aprendizagem e de desenvolvimento. Estud. pesqui. psicol., Rio de Janeiro , v. 7, n. 1, jun. 2007 . Disponível em <http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-42812007000100009&lng=pt&nrm=iso>. acessos em 29 ago. 2016.

Fundamentos da família como promotora do desenvolvimento infantil: parentalidade em foco. (org.) Gabriela Aratang Pluciennik, Márcia Cristina Lazzari, Marina Fragata Chicaro.1. ed. São Paulo: Fundação Maria Cecília Souto Vidigal — FMCSV, 2015.

Like what you read? Give Victória Loos a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.