10 Resoluções feministas para 2016
Carol Marques
9611

Concordo com você especialmente na parte da pornografia, apesar de ser um ponto bem controverso dentro do feminismo. Há quem diga que a pornografia nunca será exclusiva para as mulheres, mas há também quem defenda que é preciso apenas “mudar o foco” da gravação.

Sinceramente não entendo como se pode considerar que uma indústria que promove estupro e pedofilia pode eventualmente ser voltada para a mulher.

Like what you read? Give Victória Coura a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.