caro amigo

caro amigo,

agora somos eu e você.

sempre seremos,

mas prefiro outros —

mais leves, alegres;

que seja torpe.


sempre daremos

as mãos, em frente

por noites lodosas

e o esqueleto

faminto, neste coração meu.

mas prefiro flores —

mais leves, alegres;

estepe

a este pantanal meu.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.