Todos os dias

as coisas mudam

para quem saí lá fora

a mercê da vida,

aconteça o que acontecer.

Os que vivem dentro

de suas casas,

cascas

empregos

ou de si mesmos

são sempre,

as mesmas pessoas

as mesmas músicas

as mesmas conversas

as mesmas fodas

a mesma vida.

A mediocridade de uma vida

não vivida

nem vívida

é e sempre foi

um suicídio não declarado,

a aceitação da morte,

um grito em silêncio.

A acomodação

é o pior dos males do ser humano

que respira e raciocina

e ainda parece morto.

Like what you read? Give Vinícius Prestes a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.