VINHOS DE SUPERMERCADO

Mesmo com o avanço das vendas online, a venda de vinhos em supermercados é geralmente a porta de entrada para os que estão iniciando no mundo dos vinhos. E quem está começando, quer escolher um vinho sem ter que gastar muito. O famoso custo-benefício.

E foi pensando nisso, que Joana Rangel - do blog Divina e Vinho, juntamente com Fernando Lima - do blog Vinhos com Fernando Lima, Sabrina Trézze - do blog Vila Vinífera e a gastrônoma Tita Moraes, desenvolveram a ação: #vinhoparatodos, cujo objetivo é garimpar boas opções nos supermercados e grandes redes de varejo do Rio!

Iniciamos a busca no Supermercados Mundial e encontramos até mesmo opções por menos de R$30,00!

Então, ilustre leitor, acabaram as desculpas! Confira os achados, indique aos seus amigos que estão começando, porque chegou a hora de todo mundo beber vinho!

No primeiro garimpo, encontramos promoções MUITO BOAS. Nossa intenção era procurar vinhos de R$ 50,00, mas, logo na entrada do setor de bebidas, nos deparamos com o EA, vinho de entrada da Cartuxa por R$ 39,80. Uma pechincha!

Vinho de entrada da tradicional Cartuxa por menos de R$ 40!

Tivemos também a sorte de esbarrar com um vinho que eu, particularmente, gosto bastante, por considerá-lo “pau pra toda obra”! O Norton DOC costuma agradar o paladar dos fãs malbec. Esse é um malbecão que não decepciona! Pode comprar para o seu amigo de presente de final de ano que ele irá te agradecer!

Legítimo representante dos hermanos!

Seguimos registrando as promoções e optamos por levar portugueses que fugissem um pouco das tradicionais regiões do Douro e Alentejo. Resolvemos arriscar com fé em um corte de Syrah, Castelão e Aragonez da Península de Setúbal.

E lá foi o JP Azeitão da Bacalhôa 2016 para o carrinho! Por menos de R$ 30,00! 😱😱

DICA: Como as condições de armazenamento de um supremercado não são as ideais, ao escolher um vinho de supermercado, opte por safras mais recentes.

Já totalmente dominados pela vontade arriscar cada vez mais alto, fomos bem audaciosos ao escolhermos um representante tinto da região dos Vinhos Verdes.

Porque se não fosse para apostar alto, nós nem teríamos começado essa brincadeira! 😉

E dessa maneira, colocamos um vinho de (pasmem!) R$ 19,80 no carrinho! A Adega Cooperativa Terras de Felgueiras é uma das maiores da região dos Vinhos Verdes e esse vinho é produzido a partir da casta Vinhão, uma uva não muito popular por aqui.

Se é para arriscar, que seja com vontade!

E para finalizar, resolvemos ser mais conservadores com o valor estipulado inicialmente e por R$ 44,90 adquirimos um chileno com a sua emblemática Carménère!

Mais conservadores

E após uma manhã de árduo trabalho, seguimos para a parte prática do desafio: provar os vinhos e dar o nosso parecer. Infelizmente, deixamos para trás uma gama de vinhos com preços excelentes!

E vamos aos vinhos! 🍷🍷🍷

O primeiro a ser degustado foi o Terras de Felgueiras Vinhão 2016.

A cor estava IMPRESSIONANTE! Era um tinto de cor vermelho-púrpura, que
denota um vinho jovem. Esse vinho não filtrado talvez não agrade os iniciantes, pois apesar de seu aroma rico em frutas, seu paladar possui o frisante típico da região e um sabor bem forte que pode assustar. Esse é um vinho que pode ser tomado em uma temperatura menor que a habitual, bem geladinho mesmo. Com um teor alcoólico baixo (11%), uma acidez elevada, baixos taninos e um final de boca um pouco curto. É um vinho que pede uma comida com gordura para aguentar. Então, no verão, prepare o torresmo e divirta-se!

Confira o que falam dele no Vivino:

Vale o preço? Sim, claro, para experimentar!

Comprariam de novo? Da vinícola certamente, mas não esse. Compraríamos de outra casta.

O JP Azeitão 2016 foi uma grata surpresa pelo custo-benefício.

É um vinho de coloração intensa e nariz protuberante em frutas vermelhas em compota como framboesa, groselha e morangos. No paladar tem taninos equilibrados e uma boa acidez. Evoluiu muito bem em taça e harmonizou muito bem com costela de boi desfiada.

Confira o que falam dele na internet:

Vale o preço? Sim, claro!

Comprariam de novo? Sim, por que não? Ficamos curiosos com o JP Private Selection 2013 e compraremos para provar, não tenha dúvidas!

Olha o precim, menos de R$ 50,00!

E o terceiro foi o Chileno Gran Tarapacá Reserva Carménère 2016. Algumas vinícolas chilenas possuem uma forma de nomear seus vinhos mirando o consumidor inexperiente.

Esse por exemplo, preste atenção: é um Gran “Tarapacá” Reserva. E não um Gran Reserva Tarapacá. Notou a diferença?

Estratégia de vendas. O brasileiro adora um vinho “Reserva”. Esse tem tudo para agradar, pois parte dele estagia em barricas de carvalho americano e francês.

Esse vinho tem uma coloração intensa, mas tendendo ao fosco. Não é um vinho de cor brilhante. Seus aromas são feitos para conquistar o público: madeira, frutas em compota, pimenta, chocolate. Em taça evoluiu e demostrou aromas herbáceos, notas de tabaco e uma boa duração. Seu paladar é equilibrado em acidez e tanicidade, foi um vinho feito para agradar. Se você tiver amigos que ainda não bebem vinho e que acham vinho caro, esse exemplar fará jus ao seu trabalho de incentivador.

Confira o que falam dele na internet:

Vale o preço? Sim, claro!

Comprariam de novo? Sim, esse é um Carménère que irá agradar um almoço em família, uma tarde com amigos.

E com muita alegria fechamos essa rodada de pechinchas do Supermercados Mundial e constatamos mais uma vez que vinho bom é o que podemos comprar e que existem opções para todos os bolsos!

Obs: As provas foram realizadas por Joana Rangel, do blog Divina e Vinho e Fernando Lima, do blog Vinhos com Fernando Lima, mas não podemos deixar de citar que contamos com o apoio de duas pessoas que não fazem parte do mundo do vinho, a Vanice Almeida e o Carlos Bezerra. A análise deles foi muito importante, pois ajudou a construir uma opinião de consumidor e não de crítico!

Até a próxima!

Joana Rangel, Fernando Lima, Vanice Almeida e Carlos Bezerra

Informações:

Onde foi realizada a busca: Supermercados Mundial — Rua Conde de Bonfim, 7 — Tijuca, Rio de Janeiro — no dia 11 de outubro de 2017.

Os preços podem variar conforme a região e estão sujeitos às modificações do mercado. Nossa intenção com essa ação é demonstrar que bons vinhos também podem ser adquiridos em supermercados. Não há nenhuma relação ou vínculo de publicidade ou retorno financeiro dos participantes com as marcas envolvidas.

#vinhoparatodos #conteúdolivre #vinhoindependente #vinhoscomfernenadolima #vilavinifera #divinaevinho #titamoraes