UMA CHANCE A MIM

O valor de alguém como você é tão fácil de reconhecer, é óbvio, clarividente. Eu estou estou careca de saber e, ainda assim, me falta coragem para seguir em frente enquanto o meu coração fica aqui repetindo que não deveria ser desse jeito.

Mas como eu poderia agir? Que atitude eu deveria tomar se eu simplesmente não consigo? É.. Também não tem como saber se eu não tentar!

Sabe, você parece tão disposto a me amar que até me constrange e eu juro que estou lutando para que seja recíproco, mas esse teu olhar tem um brilho tão intenso que me ofusca.

Eu vou admitir que, embora não seja uma constante, sua ausência já me causa um certo desconforto. E isso também acontece quando você se faz indiferente, mesmo quando eu sei que é de propósito só pra observar como reajo.
 
Eu sei que entristeci você. Talvez isso tudo seja demais pra mim. Mas gostaria muito que lembrasse da sinceridade em minhas palavras. Eu gosto de você, só não quero correr o risco de NÃO TE AMAR tentando.
 
Me dá uma chance? Mesmo que seja a única!
Acho que é disso que eu preciso: UMA CHANCE A MIM.

Não dê ouvidos à voz enrouquecida da minha emoção. E, se eu te fizer algum mal, por favor, não leve em conta! Se eu disser que não quero, não é porque não quero de fato, é porque eu não quero “ainda”. Então, não leve isso tão a sério! Por favor, não desista de mim agora que as coisas estão começando a fazer sentido. Logo agora que tempo está dando forma às minhas intenções.
 
Você já mergulhou fundo mesmo. Agora vá em frente! Continue nadando. Ignore minhas advertências de perigo. Não volte à superfície, a não ser que seja apenas for apenas para retomar o fôlego e submergir outra vez.
 
Estou tentando não ser tão resistente ao novo, mas meu coração ainda está preso às garras de um passado recente. Cara, eu não aguento mais isso! Eu me rendo! É sério. Eu te autorizo a me resgatar desse vácuo infinito. Pronto! Eu vou admitir: VOCÊ ESTÁ NA DIREÇÃO CERTA!

Então, seja firme! Não renuncie. Continue escavando a minha alma. Você está prestes a encontrar o tesouro que eu escondi. E, mesmo se eu não te merecer, por favor, continue apostando em nós, pois eu não tenho mais ninguém, o meu alguém de agora é você!

E se eu te amar um dia, que seja mais do que eu achei que poderia. Te peço só mais uma vez: UMA CHANCE A MIM!

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.