VOCÊ ME ENCANTA

Sou o tipo de homem que acredita que experiências inesquecíveis podem nascer em dias de dor e sofrimento. E foi assim, num momento triste, de altos e baixos na minha emoção que você apareceu.

Os meus dias estavam frios e solitários. Foi então que o destino te aproximou de mim e você aqueceu minha alma outra vez, espantando aquele clima ruim e me devolvendo sorrisos. Devagarinho você foi mudando minha atmosfera e trazendo calmaria para o meio das minhas tempestades.

Foi assim que seu jeito doce me fez querer te encontrar outra vez. E, quando me dei conta, eu já estava me perdendo em pensamentos, considerando as razões que alimentavam o meu desejo por uma nova dose de você.

Por isso vim registrar aqui minhas conclusões. Afinal, eu sou do tipo que ama escrever. E, se eu pudesse resumir tudo que aconteceu até agora em uma frase apenas, eu diria “VOCÊ ME ENCANTA”.

Você me encanta porque é especial. E o mais incrível é que nem precisa de muito tempo pra notar isso. Sua energia é boa, seu sorriso ilumina, sua forma de falar e compreender, emociona. As sutilezas da sua conduta, sua dedicação e aquela beleza… Ah, aquela beleza singular no jeito que você me olha! Tudo isso me encanta!

Você me encanta pela inteligência, pela velocidade com que me percebe e me interpreta. Porque conseguiu capturar minha essência tão rapidamente. E isso é mágico! Me encanta pela forma como torna inesquecíveis momentos tão simples só fazendo parte deles.

Você me encanta porque sua companhia é extremamente agradável. Tanto que as pessoas a sua volta se sentem honradas em ter você como amigo. Isso acontece porque, de alguma forma que talvez você nem saiba, você as encoraja. Qualquer um poderia se gabar só por te conhecer. Eu ainda ousaria dizer que te admiro tanto assim porque você já é uma boa parte do que eu gostaria de ser.

Você me encanta porque sabe ser luz sem ofuscar o brilho de ninguém.
Porque sabe amanhecer na escuridão do outro, discreta e mansamente.
Porque é tão interessante que parece um livro bom de se ler.

Você me encanta pelo seu jeito chique, cheio de galanteios, mas nada intencional. Porque você não “faz tipo”. É natural, é seu. Sua essência é rara. 
E a gente sabe porque você é assim com todo mundo! Você é uma evidência de que pessoas incríveis não estão em extinção e de que ainda vale a pena manter intactos alguns princípios considerados um pouco “tradicionais demais” para a maioria.

Quando me participa o seu dia, quando parece me enxergar devagar e sentir orgulho das minhas características mais marcantes, você também me encanta. Quando se mostra feliz só por estar na minha companhia, mesmo sabendo tão pouco sobre mim ainda.

Você me encanta porque entende minha fragilidade, porque sabe movimentar minha alma com destreza e me acalentar no seu abraço. Sua presença é tão envolvente que eu ficaria horas te beijando, me ajustando a você e elaborando um jeito só nosso.

Agora, você está longe, mas lembrar do seu olhar minimiza os impactos da saudade. E, mesmo daí, você está aqui, porque, apesar da distância, sabe exatamente como se fazer presente.

Agradeço por cada segundo de atenção dedicado a mim.
Você não tem ideia do quanto isso me faz bem.
E, é por essas e outras que você me encanta.

Sabe, numa relação eu normalmente sou a parte intensa, mas como você sabe, estou num momento muito meu. Com algumas pendências a resolver na minha emoção e, me preparando para, quem sabe um dia, declarar outra vez coisas que hoje eu já não consigo.

Seja como for, eu só quero que você saiba que, apesar dos meus receios, eu só quero ter você por perto. E, lá na frente, se a gente não tiver mesmo nada sério, pra mim terá sido suficiente saber me entreguei a alguém que mereceu cada pedacinho meu.

Mas por hora, o que tenho a dizer é: Cara, VOCÊ ME ENCANTA! Apenas…

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.