Hoje, pra me acalmar, eu tomei um chá. Hábito que você introduziu na minha vida.

Janeiro desse ano, a paixão chegou igual a um vendaval. Junto com ela, chegou um sentimento de preenchimento de lacunas que eu não sabia que existiam até então. Não que eu não reconheça minha autossuficiência e a minha capacidade de viver sozinho, mas você me mostrou que eu sempre poderia ter uma ótima influência para ser uma versão melhor de mim mesmo e que era possível enxergar tudo cor-de-rosa com a sua companhia.

Durante uma fase ruim, o meu maior medo é de perder o seu amor e afeto, porque mantendo essas duas coisas, nós somos imparáveis e passamos por qualquer dificuldade juntos.

Eu só quero ver você bem, custe o que custar. Você revelou o estado mais empático que eu tinha conhecido em mim mesmo até hoje. Você me transforma em alguém que eu sempre quis ser.

Nós sempre fomos tão quente e botamos fogo em tudo. Nunca chegamos nem perto de rótulo de casal frio. Suas palavras de carinho me aquecem quando eu mais preciso. Tiveram momentos que eu estava prestes a me afundar em mim mesmo, você espontaneamente mandou uma mensagem de manifestação de carinho, calor, amor e tudo ficou muito melhor. O meu medo é você olhar pra mim e não sentir mais vontade de dizer essas coisas.

Eu sempre vou querer os seus braços pra me proteger e fazer com que eu me sentisse intacto depois do mundo tentar danificar a minha estrutura.

Eu só não queria ter tantas incertezas em relação ao que você vai sentir amanhã e se esses sentimentos vão me machucar. Com a certeza que você vai olhar pra mim e sentir essas mesmas chamas dentro de você, a gente passa por tudo e se livra de qualquer mal.

Obrigado por simplesmente tudo. Cada segundo. Cada palavra. Cada noite que eu fui dormir feliz porque, espontaneamente, decidimos trocar palavras lindas e apaixonadas antes de dormir. Cada madrugada que eu passei chorando e escrevendo coisas para você e tive a oportunidade de saber que você acordou feliz por conta disso. Cada dia que ficamos tão felizes juntos que ríamos por qualquer coisa. Cada dia que nos encontramos no aterro e fui capaz de reverter completamente o dia ruim que eu estava tendo. Cada dia que o Sol se pôs de uma forma mais bonita porque ele sabia que meu dia iria se encher de graça pela sua presença.

Independente de qualquer coisa,

A gente nunca,

Jamais,

Pode dizer que não deu certo.

Like what you read? Give v. a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.