Marcha das Mulheres Indígenas

Brasília — Distrito Federal (10 a 13 de Agosto)

Vito Eleguá
Aug 11 · 5 min read

“Território: nosso corpo, nosso espírito” é o mote da articulação histórica que pretende reunir 2 mil mulheres de povos indígenas de todo o Brasil para a primeira Marcha de Mulheres Indígenas. A manifestação tomará as ruas de Brasília se juntando à Marcha das Margaridas, no dia 13 de agosto, e dá seguimento a um calendário intenso de luta dos indígenas brasileiros.

Imagem: Divulgação da Marcha.

A marcha marcará o encerramento do Fórum Nacional de Mulheres Indígenas, que tem início em 9 de agosto, quando é celebrado o Dia Internacional dos Povos Indígenas. O evento vai até o dia 12. A ideia é fortalecer as mulheres do campo e das florestas mutuamente “numa grande manifestação nacional em prol dos direitos e do protagonismo da mulher, a partir de uma nova visão de desenvolvimento sustentável e justiça social”, diz a convocatória.

Foto de Tathi Gurgel

A cacique Dorinha Pankará, liderança pernambucana, vê a necessidade de as mulheres estarem na frente do movimento indígena em especial porque são as mulheres que sentem em maior intensidade a perda de direitos. Para ela, tanto as pautas específicas dos indígenas como a questão da Reforma da Previdência colocam em maior vulnerabilidade as mulheres.

“A gente sempre lutou em defesa dos nossos direitos e com esse desgoverno a gente se sentiu muito ameaçado, tanto fisicamente como nos direitos. No Acampamento Terra Livre a gente chamou as mulheres indígenas e discutimos a violência contra a mulher, a questão territorial e pensamos em somar junto às lideranças masculinas também”, explica a cacique.

Texto de Marco Zero

O que o presidente Jair Bolsonaro já disse sobre a questão indígena?

Programação da Marcha das Mulheres Indígenas

Coletiva de Imprensa publicada no Youtube pelos Jornalistas Livres 9/08/2019

Foto: Tathi Gurgel

Manifesto de Convocação da Marcha das Mulheres Indígenas

Leia o manifesto completo

Entrevista com Cunllung Téie / Povo Xokleng de Santa catarina

Entrevista com Cunllung Téie / Povo Xokleng de Santa Catarina

Mulheres indígenas jornalistas e produtoras de audiovisual na cobertura da Marcha.

PORQUE A MARCHA DAS MULHERES INDÍGENAS É IMPORTANTE?

Entrevista com Alessandra Munduruku, liderança do povo Munduruku do Pará

Entrevista com Alessandra Munduruku, liderança do povo Munduruku do Pará

Entrevista com Brazilice Tembé, da Aldeia Cajueiro, Pará.

Entrevista com Brazilice Tembé, da Aldeia Cajueiro, Pará.

Vídeo de Fechamento do domingo com Marcilene Guajajara e diversas lideranças.

Veja dicas de como filmar violência policial nos protestos

Baixe o pdf aqui

SAÚDE INDÍGENA: Ocupação da SESAI (Secretaria de Saúde Indígena)

Agora pela manhã a ‘Marcha das Mulheres Indígenas’ ocupou o prédio da SESAI no Ministério da Saúde, para exigir a exoneração da secretária Silvia Wajãpi, que dentre outras ações, defende a municipalização do atendimento de saúde para os povos indígenas, o que integra o plano de desmonte das garantias de direitos dessa população.

Segundo informaram as mulheres presentes na ação, a secretária fugiu pelo estacionamento para não ter que atender o movimento, e seguranças privados inicialmente resistiram à entrada das mulheres no edifício.

A reunião com as lideranças só foi acontecer à noite, porém sem encaminhamentos concretos.

Silvia Waiãpi — Secretária da SESAI, que saiu pelo estacionamento do prédio para não receber as indígenas

Leia o artigo da profissional de saúde pública e comunicadora da Rádio Mutirão, Ellen Francisco — sobre a saúde indígena e o papel do SESAI

Vídeo fechamento do dia 12/08

Célia Tupinambá

“Essa Marcha vem pra dar visibilidade a esse momento de luta das mulheres que estamos vivendo agora”

Café da manhã no acampamento da Marcha

Foto: Augusto Oliveira (Cobertura Colaborativa)

Mulheres Indígenas se preparam para a Marcha com pinturas de seu povo

Foto: Eduardo di Napoli (Cobertura Colaborativa)
Foto: Mateus Alves (Cobertura Colaborativa)

Imagens aéreas de Ana Pessoa do momento da preparação para a saída da Marcha das Mulheres Indígenas

Foto: Kamikia Kisedje

Video de fechamento do dia 13/08/2019

Cobertura realizada por Daiene Mendes e Vito Eleguá

    Vito Eleguá

    Written by

    Jornalista mobile | Documentarista

    Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
    Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
    Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade