Existem campanhas e postagens de pessoas trans e não-binárias apelando para que pessoas num geral indiquem alguma linguagem pessoal em suas redes sociais, principalmente através da bio (biografia), onde geralmente pessoas descrevem alguma coisa sobre si (idade, profissão, etc).

Esse é mais um texto falando sobre isso, mas abordando outros aspectos que não vejo sendo falados ou explicados nos demais conteúdos, e procurando não cometer as mesmas falhas que se repetem até hoje.

Como podem reparar, não falei “pronomes” no título. Isso porque na língua portuguesa as linguagens que usamos para nós mesmes e com outras pessoas vão além de…

Vitor Rubião Vieira

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store