Vitória Croda
Feb 16, 2016 · 1 min read

Somos loucas

Quando se é mulher, qualquer irritação é culpa da tpm. Qualquer chateação, é culpa do nosso sistema hormonal confuso e desequilibrado. Não temos o direito de ficarmos com raiva. Se o ficamos, somos loucas.

Somos loucas, histéricas, choronas, dramáticas. Insanas.

E então entramos em relacionamentos nem um pouco saudáveis. Você não pode questiona-lo, senão, “você é louca, mulher”. Daí você começa a pensar se realmente aquela chateação foi realmente uma loucura sua, um exagero, algo que você achou que tivesse visto, mas não viu. Louca.

Querem que nós sorríamos sempre. Mesmo após uma jornada dupla de trabalho, mesmo após ter que lidar com pai ausente, mesmo tendo que lidar com abuso dentro das universidades. Denunciar estuprador? Fazer escândalo? Louca.

Ter raiva é loucura, fazer escândalo é loucura, chorar é loucura, ser mulher é ser louca.

Vamos arrancar nossas camisas-de-força.

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade