quando a luz dos olhos teus

faz a cagada de entrar nos olhos meus,

e me faz acreditar que pode se realizar,

meu amor, juro por deus

que a vontade de matar

fica maior que a de amar.

Mas se a luz dos olhos teus resiste aos olhos meus só pra me provocar,

meu amor, juro por deus, que eu aprendi a me amar.

perdoa, Jobim!

Like what you read? Give Vitória Kos Orsi a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.