Microcontos — Terror

  1. Por que ainda sinto que estou sendo observada, se já pus todas as bonecas em cima do armário?
  2. Essa aliança ficou tão linda no seu dedo quanto ele ficou nesta caixinha de presente.
  3. Ao me olhar no espelho, vi somente o reflexo do meu assassino.
  4. Desperto com uma forte dor no peito; haviam iniciado a autópsia.
  5. Pediu-me que lhe preparasse um chá pela última vez antes que me deixasse. Espero que aprecie o sabor de arsênico.
Like what you read? Give Vitor Oliveira a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.