Autoajuda?

A autoajuda é um novo propósito do século XXI que tem como objetivo o apoio individual sobre seu estado emocional impulsionada pela literatura através de frases, livros, etc. O problema desse novo método é a sua veridicidade, fazendo com que estudiosos questionem-se sobre sua filosofia e seus seguidores, aderir o extremo otimismo é o melhor a se fazer para momentos difíceis?

As falhas que carregamos durante nossas vidas fazem qualquer um perguntar quem realmente somos, porém a resposta nunca será exata. Problemas psíquicos como ansiedade e depressão são trocados por tratamentos eficazes com profissionais da área por técnicas retiradas de livros, que por sinal, são best-sellers. Isso acaba levando o individuo para uma caminhada solitária e orgulhosa.

A filosofia do ‘’tudo vai da certo’’ é muito comum, não chegando a ser errônea, de certa forma acaba levando o ser para uma realidade feliz demais, um mundo aonde a felicidade transpira o ar vinte e quatro horas por dia, levando momentos tristes a serem felizes. Por natureza, o sentimento do momento não pode ser alterado instantaneamente, mas sim, moldado aos poucos.

Essa dissertação simples e objetiva acaba por ser pesada a mim mesmo, conheço de perto (ou de longe) os sintomas de ansiedade e depressão, e por isso tentei ser cauteloso e leve ao escrever.