Camomila

Que lindo que está

Porém triste, meu bem

Não deixa de ser belo

Mas seu toque é tão singelo

Que traz beleza onde não tem

e desbota do sol o amarelo

Tutu ta sorrindo prazer

Pintando, colando, colando

Fazendo a arte que sabe fazer

Sendo jovem

Sendo efêmero

Sem lembrar que tudo há de morrer

Acabou de tocar So Sad

Me arrepia até a cabeça

O calor do sol me aflinge

Não que eu esteja na bad

Mas esse quente não é algo que eu mereça

o tempo brinca comigo

Me faz amar estar viva e e querer vida leve, irmão

E tudo aquilo que me incentiva

a não querer largar tudo de mão

A fazer arte e fumar camomila

Dançar pelada

Eu queria o vento vindo a sul

Eu quero sempre céu azul

Gargalhar de tanta trizteza

Ficar com quem me quer

E ir mais além

Ir até onde ninguém consegue ver beleza.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.