Eu e você

Dois seres

Compostos de matéria

Se entrolham

Como dois lobos

Famintos

Olhando para sua caça

Sede de sangue

Fome de carne

Duas bocas caladas

Lábios cerrados

Dua almas

Gritando

O silêncio em movimento

Uma conversa séria

Não como qualquer outra

Está era diferente

Pois quem falava era a voz

Do silêncio

Destruindo as massas

Dilacerando os corações

E

Aumentando o ego da distância.

-Vitória Borges

Like what you read? Give Vitória Borges a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.