A garota que você deixou para trás…

Oi, é você mesma. Esse texto é para você. Não é para ser um texto bonito, nem organizado, é só para ser um texto. Eu não sei o que passa na sua cabeça agora, afinal só você sabe dos seus sentimentos, eu não sou ninguém para falar por eles. Mas eu também tenho os meus, você me fez descobrir vários que eu pensei que não tinha, me lapidou, me abriu, me fez jogar algumas coisas fora, e aderir à melhores, disse que era para o meu bem, para o nosso bem.

Arrancou meus olhos e preencheu com tuas imagens, remendou meu coração e ligou ele com o seu, mesmo que um dia eu esteja a milhas de distâncias, eu vou sentir seus batimentos. Fez do meu cérebro uma máquina de fazer histórias, a nossa história, e para isso cada dia eu preciso puxar um relato novo, preciso ir atrás de tudo que é seu para poder terminar essa história. Fez de mim mais intensa, indomável, um ser humano que vive dos extremos, do amor extremo, do ódio extremo, do tudo ou nada, sim ou não e agora ou nunca. Mas me deixou para trás, porque agora não é mais hora, o agora nem existe mais, ele já passou, já virou passado, e tá na lembrança.

Uma hora você vai lembrar daquela garota brava que sentia ciúmes de tudo, que era complexa, estranha, mas completamente louca por você, vai ver que não importa quantas voltas de, ninguém vai te amar mais do que ela, ninguém vai estar tão ali para você quanto ela esteve. Porque o amor é assim, quando temos demais queremos fugir, quando não temos queremos agarrar, e só depois de perder descobrimos que o que foi-se era a coisa certa, mas não se pode agarrar sentimentos com muita força, eles quebram, viram poeira e somem no tempo….

Assim serei eu para você.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.