é poesia

toda mulher

de todo canto desse mundo.

faz poesia a mulher que pariu mundos e

que ira parir mundo

faz poesia a mulher que nasce

e que não vai parir

toda poesia deste dia

desta mulher que sou

é poesia para todas as mulheres

que foram negadas a escrever.

é poesia, mulher, toda esta que tu é

sem a mera concordância do “tu és”

tu é mulher, o que quiser

poesia nenhuma que fosse, seria mesmo assim

para mim, poesia.

Like what you read? Give Vitória Maria Masé a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.