Tons de Tristeza

28 de Dezembro de 2017

Cada dia que passa e fica mais complicado lhe dar com a dores internas, pequenos cortes, furos que vão se expandindo pela minha alma, sem limitações.

Triste sair com você e não sentir a reciprocidade em seus olhos em encontro ao meu. Triste pensar na possibilidade de existir outra pessoa mais importante, engraçada, e todos os atributos que te fazem pousar e dar atenção. Triste não haver um correspondimento entre mensagens trocadas em dias comuns. Triste pensar que em certas atitudes de socorro da minha parte achar que é drama. Triste é você estar em minha mente e eu não estar na sua. Triste é escutar sua risada gostosa mas não ser pelas minhas piadas. Triste é não ser correspondido e lhe dar com a indiferença, pois ela consegue ser mais árdua.

Triste é querer compartilhar momentos e você não fazer o mesmo. Triste é olhar pro amanhã e querer você hoje. Triste é o ato de precisar se readapitar quando tudo o que quero é não me afastar. Triste é ver sua delicadeza e não compartilhar seu olhar para juntos olharmos na mesma direção. Triste é estar em vários lugares e desejar estar num lugar onde você esteja. Triste é sentir o teu cheiro mas saber que não é você. Triste é lembrar de ti nas pequenas coisas mas guardar aquela lembrança porque foi o que me restou.

Triste é não poder fazer do teu corpo uma arte. Triste é estar na praia e pensar em momentos de mãos dadas. Triste é fazer tudo e não acontecer nada. Triste é viver da tristeza e se acostumar com ela. Triste é viver chorando e mostrar sorrisos. Triste é pensar em um futuro que não possa existir. Triste é compartilhar momentos íntimos e se mostrar presente para depois ser apenas uma miragem. Triste é deixar marcas em alguém sem a intenção disso. Triste é perder os sentidos do que pensa. Triste é achar que não tem nós.

Triste é fazer esse texto mas no fundo acreditar em chuva de sorrisos num futuro mais bonito, com flores no meu jardim.

Like what you read? Give vivianne thayse a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.