Sobre os ciclos do poeta

Esses ciclos de confusão são assustadores

Até que pro bem

Mas eu sinto falta do sossego que fico nas épocas de criação

Ler, fazer qualquer coisa, tudo se torna agradável

Mas em outras épocas, sei lá…

Eu só queria voltar a ver desenhos num domingo de manhã


Sabe, nem tudo é poesia

Porém não vou negar e dizer que não gosto de escrever

Mas eu odeio o que faz tu me achar bom e parar pra ler

Sei que é por ser diferente que enxergo o que tu não vê

E muito maior que a excitação de finalizar o poema é a angústia que me fez iniciar ele

Escrever é aliviar a dor

Like what you read? Give Malfussi a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.