Amor de flores

Eu me apaixonei por você assim, de repente.

Como quem pega no sono, de repente e calmamente.

Me vi sem saída, sem rumo, com medo. Eu não sabia por quê me senti assim, eu já havia me apaixonado tantas outras vezes…

Mas com você, surgiu outros sentimentos, outros olhares, outro modo de pensar e outra forma de sentir.

Eu quero estar com você mas só por estar, sem luxuria ou outra coisa qualquer.

Quero estar com você só pra te olhar, conversar com você, ou fazer qualquer outra coisa com você.

Quero que me abrace forte de noite e me dê um beijo calmo de boa noite.

Que me faça gemer seu nome, que me faça até mesmo chorar, só para que me console depois e diga que me ama.

Me ame.

Quero que me ame, tão intensamente e loucamente.

Quero poder suportar suas bebedeiras e cuidar de você.

Quero poder te acordar todo dia com beijos e fazê-lo sorrir por qualquer coisa, só para que seu sorriso ilumine minha alma.

Quero poder estar com você, não por você ser, mas pelo o que a gente será.

Não por apenas estar, mas por apenas amar.

Por estar amando.

Por estar cada dia me apaixonando mais, mais e mais.

E quero que amanhã, quando eu acordar, eu me apaixone por você novamente e mais intensamente.

E que seja assim para todo o sempre.

Um amor de flores.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.