Como enfrentar o inesperado

Thomas Edison certa vez disse: “Boa sorte é o que acontece quando a oportunidade encontra o planejamento. ” Não raramente, a vida nos apresenta desafios, e é comum, principalmente no ambiente de trabalho, surgir situações inesperadas, e é nesse momento que se separa o indivíduo comum daquele que irá galgar novos patamares.

E o que podemos fazer frente a novos desafios? Obviamente não é possível estar preparado para tudo, prever o futuro ainda não é uma opção. Nos resta então, refletir. Nunca se entregue ao desafio, nunca se afobe e já tente solucionar ou operar sobre o desconhecido, principalmente de imediato. Com ações abruptas ou apressadas. Reflita sobre a situação e tenha em mente um roteiro para encarar novos objetivos.

O coach de produtividade e empreendedor Geronimo Theml define os cinco passos de uma tarefa bem-feita, sendo eles: foco, planejamento, ação, melhoria e resultado. Esses passos, esse roteiro pode ser uma ótima ferramenta para encarar adversidades.


O foco

Estar focado, ter consciência da atividade que exerce, sua função dentro do espaço que ocupa é fundamental. Não devagar, não estar — como se diz popularmente — brisado. Como já foi alertado aqui, não se afobe, mas não confunda isso com comodismo ou apatia frente a adversidade. Uma nova situação exige uma reação.

Planejamento

Aqui está um dos segredos para o sucesso, é aqui que se separa os medianos daqueles que sobem o Everest. Estando frente a uma situação extemporânea, planeje suas ações, procure conhecer a fundo a situação, pesquise exemplos de pessoas que passaram por cenários parecidas ou que superaram circunstâncias semelhantes.

Câmeras (!?) Ação e melhoria

Com o plano em mãos ou em mente é hora da ação. Agir com um planejamento, não significa simplesmente seguir uma receita de bolo. Não, o agir, ou seja, a ação é precedida do melhoramento. Nenhum destes cinco pontos devem ser invertidos ou trocados de lugar, mas a ação e a melhoria estão indissociáveis. Carl Jung tem a seguinte lição para nos ensinar:

“Uns sapatos que ficam bem numa pessoa são pequenos para uma outra; não existe uma receita para a vida que sirva para todos. ”

Tudo que se aprende na pesquisa e que é inserido no planejamento será provado na experimentação. Não se iluda, não subestime o desafio! A sua experiência será única.

Então para que o planejamento? Se com ele já é difícil, imagina sem!?! O planejamento lhe dará um norte, lhe mostrara principalmente o que não fazer. Agora, no processo de agir, se faz necessário melhorar o que foi aprendido, principalmente adequando a realidade que está sendo enfrentada. Estando atento para estas etapas, pôr último, virá o tão sonhado resultado.

O resultado, ou o produto destas ações

A consequência de encarar um novo desafio com essa mentalidade se torna evidente no final do processo. Com toda certeza será obtido um resultado concreto. A masterização do tempo é impressionante, e nada é mais valioso que o tempo, esse plasma que não pode ser tocado, que está sempre se esvaindo e nunca se pode recuperá-lo. Planejar antes de agir, não apenas irá lhe permitir executar tarefas melhores, mas irá lhe permitir poupar tempo e também é claro, ter melhor qualidade no tempo empenhado.

Hoje, as relações humanas são de curta duração, cada vez se tem menos tempo para se executar mais funções nesse mundo líquido, onde as oportunidades se derretem com facilidade. Então, se prepare, reflita, e você irá trabalhar melhor e em menos tempo. Certamente, essa atitude irá lhe proporcionar um lugar de destaque nas suas relações profissionais, pessoais e é claro, irá lhe sobrar mais tempo para o lazer.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.