Porque no fim a gente quer ser par.

A gente vai caminhado pela vida,colecionando aprendizados e colhendo alguns sorrisos e vai vivendo como manda o script dos dias atuais,onde a sociedade vai impondo os desejos e os rótulos sobre você,coloca as metas de ser rico antes dos 30,ter um curso superior e aqueles mestrado em Londres que os seus pais sempre sonharam em fazer.

Mas quem disse quem vida é toda planejada e com aqueles achismos alheios,algumas pessoas que fogem da zona comum buscam a singularidade para chegar em algo que ninguém pensa nos dias de hoje,aquele sentimento com apelido de felicidade.

Então se você leu até aqui,sem dúvida alguma já passou por alguma crise dos 20,25 é aquela famigerada classe dos 30 então respira fundo e olha a beleza do seu passado,as viagens de índio com os amigos,os beijos que rolaram naquele carnaval em minas ou então aquele almoço que você fez sozinho,deu uma ponta de saudade no peito? Então você conseguiu algo que a sociedade não espera e não cobra,você achou a brecha no sistema e se tornou única,mas se você se sente vazia e a vezes com a falta de um par ao seu lado eu te entendo e sei como se sente,então vai uma dica daquelas que o mundo não te contou.

Mostra esse sorriso para o mundo,demonstra essa beleza pensante que você tem e mostra esse brilho que faz esse sujeito escrever sobre você.

Então brilha moça,continua sendo ímpar que a vida vai te mostrar que a sua soma será melhor do que espera.

Like what you read? Give Wallace Chaves a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.