Daqui 20 ou 30 anos você estará no meio da sua vida!!!

Já parou para pensar que daqui 30 anos você provavelmente estará no meio da sua vida?

Hoje a expectativa de vida está próximo aos 80 anos e daqui 20 ou 30 a tecnologia e a medicina devem nos levar até uns 90 anos (pra mais). Não é estranho nós pararmos para decidir o que queremos fazer agora, se temos tanto tempo de vida, né? Sinceramente, é muito louco pensar que temos que planejar nossa vida inteira agora se podemos simplesmente fazer o que quisermos e agarrar cada oportunidade do “agora”, porque afinal se não der certo…. bom, se não der certo, temos bastante tempo para corrigir...

Um grande questionamento da atualidade é o que diabos eu to fazendo com a minha vida? E será que é preciso se preocupar tanto com isso? Será mesmo que precisamos escolher o que queremos para o resto das nossas vidas agora?

A preocupação que a as pessoas têm quando saem da faculdade, por exemplo, para fazerem a escolha profissional de suas vidas não faz sentido! Nem os seus 20 anos de (Sobre)vivência e nem a sociedade precisam te obrigar a escolher o que você tem que fazer pelos seus próximos 70.

Aposto que você está se perguntando sobre as suas outras escolhas "forçadas" pela sociedade, pela família ou pelos seus amigos. Nada disso precisa ser assim. Você não precisa se casar cedo, sair da escola estudando e trabalhando, nem mesmo beijar aquele amigo feio dele porque você foi acompanhar sua amiga na nova paquera. Escolher o que gosta de fazer ou qual rumo vamos dar para cada fase da nossa vida não é simples, mas se esconder em todas essas amarras só torna a tarefa mais e mais difícil.

Claro que há pessoas que já nascem sabendo o que querem para suas vidas e isso é ótimo! Mas os que não sabem e levantam todos os dias de suas camas querendo nem ter acordado não tem que achar que são descartáveis pela sociedade pelo simples fato de não estarem satisfeitas com as escolhas que fizeram. Não é saudável! E o tempo está aí para nos mostrar que não vale a pena esse tipo de pensamento e que podemos mudar nossas escolhas.

A sociedade atual tem se preocupado demais com problemas que não são relevantes e esquecendo um pouco do sentido delas estarem vivas! Devemos viver o nosso hoje, nosso agora e o que a gente gosta de fazer. Alinhar isso é difícil? É, mas é necessário se realmente queremos uma vida bem vivida e com boas histórias para contar.

Porque escolher uma coisa definitiva para o resto da vida? Vamos viver mais! Escolher algo definitivo para a vida é assumir um compromisso muito longo e que nos tempos atuais pode mudar facilmente. As coisas não são como eram antes, nem vão ser como são hoje. Viva, apenas viva, cada dia, um dia por vez….


Show your support

Clapping shows how much you appreciated Wallace Barbosa’s story.