Suicídio — o meu recomeço!

Quando os pensamentos de suicídio começam a brotar na cabeça de uma pessoa deprimida uma busca incansável por argumentos que validem tal desejo é iniciado em sua mente. Decepções, sentimentos de culpa, complexo de inferioridade, insucessos diversos e milhões de pensamentos negativos começam envolvê-la convencendo-a de que a sua existência não é necessária e que a falta dela nunca será notada, ou ainda, que tal ação poderá criar comoção e culpa em outrem.

Quando é tomada a decisão definitiva pelo suicídio, você está vivendo em um mundo totalmente egoísta, nada nem ninguém existe ao seu lado, você está num lugar inabitado e silencioso onde apenas o murmúrio do vento é ouvido juntamente com uma voz suave e convincente que lá no fundo afirma que essa é a melhor escolha. Não se distingue o que é real do que é fictício. A dor e o medo começam a deixar de existir e então a morte sorri pra você com a face de uma bela donzela!

Por isso, como quem viveu esse drama, digo que se você deseja ajudar alguém numa situação como esta, nunca diga: “Pare de besteira, você tem tudo na vida!” ou “Vá em frente se tem coragem!”. Querer impetrar na cabeça de uma pessoa neste estado, que, ela “tem uma vida perfeita e não tem porque estar nesta situação” não vai mudar nada, na verdade aumentará o sentimento de ingratidão perante os entes queridos e perante Deus (naqueles que creem) tornando a necessidade de autoflagelação ainda maior. Por último, dizer pra “ir em frente”, causando o enfrentamento, é praticamente a assinatura de execução desta pessoa, pois é a afirmação pra toda negatividade na qual ela já estava afundada. É o nó da corda, a gota de veneno, o empurrão que faltava.

Se deseja realmente ajudar, promova para esta pessoa a companhia permanente com pessoas e lugares que transmitam paz, que transmitam renascimento, que transmitam possibilidades, que demonstrem o poder de superação que temos, que demostre amor gratuito. Pare de dizer você, você você e comece a dizer: NÓS!

Pra você que se encontra em desespero digo que a maior ajuda está dentro de si próprio. Chega de ansiedade, deixe de focar apenas no destino, deixe de focar onde, como e quando você vai chegar. Foque no caminho e em todo aprendizado que os tropeços poderão te dar, mesmo que você não os aceite ou mesmo que você não os enxergue agora, eles estão lá, creia! A vida é o maior presente que podemos ter, é uma experiência de aprendizado único.

Encontre um motivo, mesmo que o mais banal possível para ser a sua âncora, o seu objetivo, a sua meta. Levante-se e comece a persegui-lo. A partir deste momento você já terá aceito todos as suas falhas e as mudanças que precisam ser feitas para poder percorrer o caminho da superação, que não é fácil. É um caminho longo e sinuoso, cheio de incertezas, olhares desconfiados e preconceituosos que não serão percorridos da noite pro dia, mas que como prêmio te tornará uma pessoa muito melhor e extremamente forte em todos os sentidos. Você não poderá mudar nada do passado, mas poderá usá-lo como o manual do sucesso, o manual para que você erre menos. Não precisa apagá-lo, só precisa usá-lo a seu favor e entender que ele foi necessário para torná-lo uma pessoa melhor. Um dia eu ouvi isso e duvidei, mas acho que Deus pensou, esse cara vai ficar pra poder dizer a todo mundo que sim, é verdade, é assim que funciona! E aqui estou eu, pra te provar que sim, aconteceu!

W.F