Como o Danilo Gentili gerou 109.065 pageviews para o Awebic

Uma estratégia para você copiar. :)

Tráfego é o problema número 1 de quem começa um site do zero. Nas próximas linhas eu vou te mostrar um método simples e eficaz pra gerar tráfego — o que eu chamo de Método Puxa-Saco.

No início de 2014 o Awebic não tinha a audiência que tem hoje. Eu estava no grind encontrando formas de gerar tráfego pra lá. Na verdade, o que eu estava buscando era maneiras de viralizar conteúdo.

Naquela época eu já sabia qual era a “fórmula do viral”:

Alta taxa de cliques por compartilhamento + Alta taxa de compartilhamento por visualização.

O resultado dessa fórmula vai ser a diferença entre algo ser visto por mil pessoas ou cem mil pessoas. Não tem para onde fugir.

As chances disso aí dar certo podem ser intensificadas com alguém que tem uma grande audiência, porque a “bola de neve” do viral começa se formar com muito mais velocidade.

Então tá, o que eu fiz?

O The Noite, talk show do Danilo Gentili, estreiou no dia 10 de março de 2014 e, como você deve imaginar, o programa precisava fazer barulho para ter audiência.

Hehe.

A equipe do Danilo precisava gerar buzz para fazer a molecada ficar acordada até tarde para ver o programa. Eu estava disposto a ajudar… Mas, em troca, eu gostaria de alguns pageviews. ;)

Então eu passei algumas horas “estudando” o programa. Assisti uma coisa ou outra, li algumas notas desses colunistas que cagam regra em cima de programa de TV e, pronto, eu já sabia o que eu faria.

Seria um post em formato de lista, no tradicional estilo BuzzFeed mesmo. Eu ia colocar GIFs e vídeos para ser algo dinâmico, que prendesse a atenção do usuário, e o mais importante: eu não iria puxar saco apenas do Danilo.

Isso seria muito fácil. Isso era o que todo mundo pensaria em fazer. Eu usaria os “itens” da minha lista pra puxar saco do elenco inteiro. Eu puxaria saco até dos convidados.

O conteúdo estava feito, mas como você bem deve saber, isso não basta. Faltava a distribuição. Eu tinha que arrumar um jeito do Danilo ver a parada e compartilhar.

Eu sabia que a galera do programa era muito ativa no Twitter, inclusive o próprio Danilo. O problema é que o Danilo recebia uma caralhada de tweets por dia, as chances do meu tweet ser visto eram baixas.

Eu poderia ainda tentar o Roger do Ultraje, mas eu tenho pra mim que ele está mais preocupado em arrumar treta com a esquerda.

Então eu vi o perfil da Ju. Ela não só tinha menos ruído nas menções do Twitter, como também respondia uma caralhada de fãs de forma bem simpática.

E tem mais: ela estava no seleto grupo de pessoas que o Danilo seguia no Twitter. Caso ela não se desse o trabalho de mostrar o post pra ele pessoalmente, a interação dela com o meu link poderia chamar a atenção dele na timeline.

Eu fiquei stalkeando o Twitter dela esperando um tweet. Assim eu saberia que ela estava online e a chance dela ver o que eu tinha pra mostrar era maior.

Pra minha sorte, deu certo.

Ela publicou uma foto via Instagram por lá, e eu respondi com um tweet:

Passaram alguns minutos e ela retweetou. Fofa. ❤

Veja ao vivo aqui.

Na época eu lembro que ela tinha cerca de 50 mil seguidores. O que acabou me gerando apenas 39 pageviews. Pois é, a realidade nua e crua na sua cara.

Mas o mais importante era que esses eram os pageviews certos pra começar a “bola de neve”. Isto que eu precisava para ter uma alta taxa de compartilhamento por visualização.

Nesses 39 pageviews estavam fãs da Ju e do The Noite, tanto é que o tempo médio desses pageviews foi de 10 minutos. ;)

E o melhor de tudo: o Danilo acabou vendo o retweet dela.

No dia seguinte ele jogou o link do post do Awebic na fan page com milhões de seguidores.

Missão dada é missão cumprida, rapá. :D

Veja ao vivo aqui.

No fim das contas, um share do Danilo me rendeu 109.065 pageviews e cerca de 400 dólares.

Para um site que estava engatinhando, nada mal, né?

Entenda que isso funciona pra qualquer assunto. Não importa a área que você esteja entrando, sempre vai ter as “celebridades” do mercado.

Faça um conteúdo puxando o saco dele, faça com que ele veja, torça pelo compartilhamento e fim. Todo profissional gosta de ser elogiado pelo seu trabalho.

Seja um humorista ou um garçom.

Você acha que eu não compartilharia um link de um site puxando o saco do Awebic? ;)

Nota: originalmente eu publiquei este texto no Facebook, onde sou mais ativo. Se você já tinha lido por lá ou gostou do texto, por favor, clique no coração para me dar uma moral por aqui. ;-)