No final da greve dos professores, o derrotado é Geraldo Alckmin
Jornalistas Livres
31

Enfim, acabou a greve política feita pela Apeoesp-CUT-PT. A baixa adesão dos professores mostra que eles não estavam de acordo com a decisão do sindicato, que tinha, na verdade, a única intenção de tentar desgastar a imagem do governador Geraldo Alckmin. São Paulo tem um dos melhores índices de educação do país. Investe 30% do orçamento, mais do que a lei prevê. O fracasso da greve mostra que a tentativa da Apeoesp, manipulada pelo PT, de jogar a opinião pública contra o governador, não surtiu o efeito que desejavam.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.