O combate contra a tentação

Retornou para casa e solicitou a seu pai e sua mãe: “Reparei numa jovem entre as filhas dos filisteus. Peço-vos que a tome por esposa para mim!” No entanto, seu pai e sua mãe questionaram-lhe: “Não há mulheres entre as filhas dos teus parentes e no seio de todo o teu povo, para que vás procurar esposa entre os incircuncisos?” Mas Sansão replicou a seu pai: “Consiga-a para mim, te peço. É esta a jovem pela qual me apaixonei!” — Juízes: 14:2-3

Sansão foi um grande homem, seu nascimento foi fruto de um milagre, separado por Deus desde o ventre da sua mãe para libertar seu povo dos filisteus. Ele pode possuiu uma força sobre-humana, venceu incontáveis batalhas, derrotou centenas ou milhares de filisteus, mas perdeu batalhas que muitas vezes passam despercebidas aos nossos olhos. Todos nós sabemos que o segredo da força de Sansão estava em seu cabelo, mas sua real fraqueza não estava em ter o seu cabelo cortado, estava em seus olhos. Vamos acompanhar esse combate round por round contra a tentação.

1º ROUND

“Vi uma mulher filistéia em Timna; consigam essa mulher para ser minha esposa”. — Juízes 14:2

Ao contrário do que nós pensamos a primeira derrota de Sansão não é com a famosa Dalila, seus olhos são fisgados pela primeira vez por uma jovem filistéia em que ele se apaixona e se casa. Embora o Senhor tivesse um propósito com esse relacionamento, não podemos deixar de lado o fato de Sansão ter sido facilmente seduzido. Seus olhos são fisgados, atraídos pela beleza da jovem, mesmo ela vindo de um povo que subjugava o povo de israel.

2º ROUND

“Algum tempo depois, quando voltou para casar-se com ela, Sansão saiu do caminho para olhar o cadáver do leão, e nele havia um enxame de abelhas e mel.” — Juízes 14:8

Por ser nazireu Sansão não podia comer nada que fosse impuro, isso inclui o mel que ele tanto desejou, mas que se tornou impuro por estava em contato com o cadáver do animal morto. Mesmo assim foi novamente seduzido, guiado pro seus desejos e cobiças perdeu mais uma batalha, e dessa vez com uma afronta direta ao seu chamado, além de também levar seus pais a comerem do mel e se contaminarem, mesmo sem eles saberem.

3º ROUND

“Certa vez Sansão foi a Gaza, viu ali uma prostituta, e passou a noite com ela.” — Juízes 16:1

Conheceu uma prostituta e passou a noite com ela… Não precisa nem dizer, né? Garanto que não passaram a noite conversando.

4º ROUND

“Depois dessas coisas, ele se apaixonou por uma mulher do vale de Soreque, chamada Dalila.” — Juízes 16:4

Dalila, ah Dalila… Enfim chegamos na história que todos nós conhecemos, Sansão agora é seduzido mais uma vez por uma mulher, e que mulher. Encontramos nosso guerreiro tão apaixonado que ficou literalmente cego de amor. Na luta, por um momento, parece que Sansão vai levar a melhor dessa vez, enquanto escapa por diversas vezes das armadilhas de Dalila, mas só parece mesmo. Sansão é enganado por ela, acaba abrindo sua guarda e deixa escapar o segredo de sua força.

5º ROUND

“Os filisteus o prenderam, furaram os seus olhos e o levaram para Gaza. Prenderam-no com algemas de bronze, e o puseram a girar um moinho na prisão.” — Juízes 16:21

Parece que a luta agora realmente chegou ao fim, nosso campeão agora está sem força, preso e cego, não tem a mínima chance de ganhar. Mas esquecemos de um detalhe, ele está cego. Talvez vocês me perguntem, como isso pode ser uma vantagem? e é Jesus nos dá a resposta:

“E se o seu olho o fizer tropeçar, arranque-o e jogue-o fora. É melhor entrar na vida com um só olho do que, tendo os dois olhos, ser lançado no fogo do inferno”. — Mateus 18:9

Os olhos de Sansão foram a porta para todas as suas quedas, agora já não havia como ser seduzido, sua fraqueza acabou. Ele se volta novamente ao Senhor, junta suas todas as suas forças e derruba as colunas do templo em que os filisteus celebravam a vitória sobre ele, nesse momento de lucidez Sansão mata mais filisteus que em toda a sua vida.

NOCAUTE, chegamos final do combate. Com uma vitória heroica Sansão é o nosso vencedor. Mas apesar da vitória percebemos que nem com a sua incrível força conseguiu enfrentar o pecado cara a cara. Nosso principal erro é achar que somos invencíveis, que não vamos cair, que não precisamos de ajuda nenhuma. Não podemos cair no mesmo erro que Sansão, ou será preciso ter seus olhos furados para enxergar que toda nossa força vem de Cristo?